Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Por Eduardo Lena

 

Integrantes do Condema, Sematur, Ingá, Ima e Ong’s ambientalistas se reuniram na tarde ontem, 12, no auditório da Casa de Recursos Ambientais, com o representante do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para definir área e dar sugestões para a construção de um Parque Fluvial às margens do rio Grande.

 

Rômulo Bonelli, arquiteto e urbanista, consultor contratado pelo MMA, disse que em um primeiro momento foram selecionadas três áreas em Barreiras com potencial para receber o Parque Fluvial. A partir destas áreas, o Ministério de Meio Ambiente encaminhou um novo consultor para fazer um detalhamento aprofundado de cada local para ver qual apresentava melhor aptidão. As áreas pré-selecionadas foram às regiões do Balneário dos Três Bocas, da Prainha e da Ferradura do rio Grande, também conhecida como baixada do Ney Marmore.

 

Por ser uma área central, com topografia favorável, pouco degradada, não apresentar edificações e nem possuir problemas fundiários, os integrantes da reunião decidiram pela área da Ferradura.

 

Segundo o representante do MMA, o Parque Fluvial é destinado às atividades de cultura, lazer, esporte, turismo e educação ambiental, contendo pistas de caminhadas e ciclovias, com policiamento ostensivo. Toda e qualquer edificação no local terá como foco a educação ambiental. “Poderá ser construído um anfiteatro de arena e um auditório para que alunos das redes pública e privada tenham aulas que despertem nos jovens a necessidade da preservação do meio ambiente. “Além disso, será feita a recuperação total da área com reflorestamento utilizando espécies nativas e endêmicas do vale”, disse Rômulo.

 

Os municípios que serão contemplados nesta fase piloto são: Pirapora (MG), Bom Jesus da Lapa (BA), Barreiras (BA), Xique-Xique (BA), Piranhas (AL), Propriá (SE), Januária (MG), Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Penedo (AL), sendo que Barreiras é a única cidade que não faz parte direta da calha do rio São Francisco.

 

Os 10 municípios foram definidos com base no Plano de Ações Estratégicas e Integradas para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável na Bacia do rio São Francisco. A importância turística, a ocorrência de problemas ambientais e a facilidade para a implementação de projetos foram consideradas na escolha dos municípios. Outro fator decisivo foi o Índice de Desenvolvimento Urbano das cidades, que estão abaixo da média nacional.

 

Em outro momento será decidido a gestão e a operacionalização do Parque Fluvial.

 

Fonte: Jornal Nova Fronteira

A Prefeitura Municipal de Barreiras (BA) incentiva a implantação de novos projetos de avicultura para os pequenos agricultores. “Avicultura de corte está dando um grande salto na região, o incentivo e estímulo oferecido pela Prefeitura Municipal e seus parceiros contribuem para os pequenos agricultores desenvolverem um bom trabalho e com isso adquirirem um bom retorno financeiro”, comentou coordenador da Secretaria Municipal de Agronegócio Reginaldo Mello.

 

Em 2009, foi criado o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento Econômico entre Prefeitura, Banco do Nordeste e Frango de Ouro. Este ano a parceria tem sua consolidação com a implantação de novos projetos consorciados para a avicultura.

 

Fonte: http://www.aviculturaindustrial.com.br/PortalGessulli/WebSite/Noticias/frango-na-bahia,20100713133956_P_028,20081118093812_F_643.aspx

Professores do campo de Barreiras e São Desidério estão sendo treinados, de 13 a 15 de julho, em educação ambiental pelo Programa Despertar, uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, e Federação do Estado da Bahia (FAEB). Estão sendo treinados 46 professores do campo em Barreiras, e 122 em São Desidério, que devem inserir temas como biodiversidade, resíduos sólidos, água, clima e solo, no planejamento pedagógico. O projeto tem a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Barreiras e São Desidério.

 

O Instituto Bioeste integra a programação do Programa Despertar em Barreiras, no Instituto Federal da Bahia (antigo Cefet-Barreiras), ao apresentar a mostra fotográfica “Riquezas e Ameaças”, composta de aproximadamente 20 fotografias, divididas em seis eixos temáticos: culturas e povos do cerrado, fauna, flora, potencial turístico, ameaças, além do próprio Cerrado. As obras, de autoria dos fotógrafos João Zinclar, Benito Mera, Cristiano Nogueira, Haroldo Castro e Theo Allofs, têm o objetivo de sensibilizar e aproximar as pessoas do Cerrado por meio das imagens.

 

Segundo a coordenadora do núcleo da região oeste da Bahia do Programa Despertar, Liliane Queiroz, as temáticas devem ser inseridas de acordo com as necessidades das próprias comunidades. “Se a população tem problemas com a coleta de lixo, o tema deve ser inserido nas aulas para os alunos da comunidade”, exemplifica. O Programa Despertar tem o objetivo principal de promover a educação voltada para a formação da consciência ecológica a fim de alavancar mudanças comportamentais relacionadas à saúde, à cidadania, à ética, e ao trabalho e consumo. O programa foi implantado em 2005, e já passou até o ano passado em 69 municípios.

 

Mostra Fotográfica “Riquezas e Ameaças” - Programa Despertar

Data: de 13 a 15 de julho

Horário: das 8h às 11h – das 14h às 18h00

Local: Barreiras – IFBA – antigo Cefet-Barreiras

Informações: (77) 3611 7173

 

Fonte: http://bioeste.blogspot.com/2010/07/programa-despertar-capacita-professores.html

Cacau do Oeste: A nova fonte de renda da região

 

Uma novidade quase impossível de se imaginar surge na região, é o cultivo do cacau no Oeste. Uma plantação feita no sitio Jacarandá, Barreiras Norte, pelo pequeno produtor, Antonio Veloso, participante do projeto de fortalecimento da Agricultura Familiar, desenvolvido pela prefeitura de Barreiras, surge como destaque na 28ª EXPOBARREIRAS.

O cacau plantado no vale, desde 2002, pela família Veloso, esta sendo lançado com a marca “Cacau do Oeste”, uma novidade que é sinônimo de prosperidade para agricultura do interior. A marca é uma homenagem à região, considerada como um dos maiores celeiros da agricultura do País. A cultura do Oeste cresce em proporção igual à do sul da Bahia, antes única produtora do fruto no Estado.

“O Sebrae e a Prefeitura de Barreiras são os grandes incentivadores deste projeto, tenho grande expectativa de desenvolvimento. Vamos poder gerar mais emprego e renda para população”, comentou o produtor rural Antonio Veloso.

No espaço da Agricultura Familiar, no estande do “Cacau do Oeste”, podemos degustar delicias como: chocolate caseiro, licor de cacau, balas com recheio de cacau e brigadeiros, produtos 100% natural.

 

Fonte: Site da Prefeitura de Barreiras

Durante a 28ª Expobarreiras a Prefeitura Municipal incentiva a implantação de novos projetos de avicultura para os pequenos agricultores. Uma série de palestras faz parte da programação oferecida aos produtores. Durante os encontros coordenadores por representantes do Frigorífico Frango de Ouro - parceiro do município - os participantes recebem informações sobre a atividade.

“Avicultura de corte está dando um grande salto na região, o incentivo e estímulo oferecido pela Prefeitura Municipal e seus parceiros contribuem para os pequenos agricultores desenvolverem um bom trabalho e com isso adquirirem um bom retorno financeiro”, comentou coordenador da Secretaria Municipal de Agronegócio Reginaldo Mello.

Na edição 2009 da Expobarreiras foi criado o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento Econômico entre Prefeitura, Banco do Nordeste e Frango de Ouro. Este ano a parceria tem sua consolidação com a implantação de novos projetos consorciados para a avicultura.

 

Fonte Ascom/Barreiras

http://jornalnovafronteira.com.br/index.php?p=MConteudo&i=1240

Em função do excedente de senhas durante a semana e da baixa procura pela emissão de carteiras de identidade no sábado, o posto SAC do município de Barreiras passa a atender de segunda a sexta-feira, a partir do dia 10 de julho. A suspensão do atendimento aos sábados encerra o ciclo de grande procura pela emissão do documento, iniciado em 31 de janeiro deste ano. Diariamente, a unidade emite 120 carteiras de identidade. Aos sábados, de acordo com as estatísticas de atendimento do SAC, este número cai para 19 unidades emitidas.

A medida empreendida pela Secretaria de Administração (Saeb) pretende otimizar o atendimento na unidade, ao diluir, nos demais dias de funcionamento do posto, a emissão média de documentos do sábado. A resolução ainda deve promover economia de custos ao Estado, já que não serão despendidos gastos com energia, água, telefonia e pessoal. Além da carteira de identidades, ficam suspensos também a emissão dos serviços de emissão de carteira de trabalho, seguro desemprego e intermediação de mão-de-obra, que também registravam baixa procura aos sábados.

Além de Barreiras, outras cinco unidades terão o atendimento aos sábados suspenso pelos mesmos motivos: Lauro de Freitas, Feira de Santana, Periperi, Eunápolis e Teixeira de Freitas. 

Fonte: http://jornalnovafronteira.com.br/?p=MConteudo&i=1238

Seu Josemiro Vieira de Jesus, 60 anos, agricultor familiar de Baianópolis, retoma o sorriso ao ouvir a palavra “água doce”. Além dele, mais de sete mil pessoas dos municípios de Baianópolis e Catolândia, a 833 e 889 quilômetros de Salvador, respectivamente, serão beneficiadas graças à implantação do sistema integrado de abastecimento de água (SIAA), inaugurado, neste sábado (26), pelo governador Jaques Wagner.

 

Cansado de trabalhar como “mela colher”, o mesmo que pedreiro, como Josemiro mesmo diz, o agricultor tirou muitos quilos de sal dos fundos das caixas d’ água de muitas casas da região. O dinheiro que ganhou, teve que empregar ou no transporte de água tratada da cidade para sua casa ou na construção de um poço. “Tive que abrir duas cisternas e não sabia nem que água tava bebendo. A água que vem dos poços é muito salgada. Quem tinha condição não bebia mais dela e comprava em Barreiras, já quem não tinha era obrigado a beber. Água é vida, se a gente precisa dela tem que ser de boa qualidade”.

 

Situação semelhante é a de dona Leonilda Teixeira, de 40 anos. De sua torneira brota o sonho da água potável. “Agora podemos tomar banho sem sentir o gosto de sal, lavar roupa, os pratos, cozinhar. Agora temos água de qualidade. O povo está de esperança renovada, pois a água é doce”, festeja.

 

A água de qualidade vai chegar à população através de uma adutora com extensão de 3,1 mil metros em tubo que capta a água da plataforma flutuante instalada no Rio São Desidério, no oeste baiano. A água passa por uma estação de tratamento convencional, com rede de distribuição de 52,6 mil metros. O sistema conta ainda com uma adutora de água tratada de 49.346 m, duas estações elevatórias e quatro sistemas de reservação com capacidade para armazenar 100 m³. Assim são 14 localidades que serão beneficiadas com o sistema.

 

“Inauguramos mais um sistema dentro do Programa Água para Todos, agora, completando Baianópolis, que já tinha o primeiro serviço, e Catolândia. Com isso, vai evitar na região casos de doenças renais, devido à água salobra que o pessoal usava, e que acabava criando complicações no rim, inclusive, de cálculo renal”, declarou o governador, que na ocasião, entregou uma viatura da Polícia Militar para reforçar o policiamento, além de um Centro Digital da Cidadania e de reforçar a biblioteca da cidade.

 

Em Catolândia, o sistema integrado vai atender a sede municipal e as localidades de Água Branca do Arlindo; Água Branca do Calixto; Areião; Cabaceira; Canto Grande; Capivara; Fazenda Boqueirão; Funil; João Rodrigues; Mozondó; Poço de Pedras; São Marcos e Tamanduá. Já em Baianópolis, além da sede, a localidade de Buriti Cortado também será favorecida. No total foram instaladas 635 ligações domiciliares que levarão água tratada para as residências das comunidades.

 

“O governo estadual está fazendo, na verdade, um sistema integrado de abastecimento, que contempla as duas cidades e diversos distritos do entorno, com um investimento de mais de R$ 4 milhões, trazendo água boa e de excelente qualidade. Quando trazemos água tratada, estamos levando saúde, bem-estar e melhorando a qualidade de vida das pessoas, seja dos centros urbanos, como da zona rural”, salienta o presidente da Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (Cerb), Bento Ribeiro.

 

Água Para Todos

 

As intervenções fazem parte do Programa Água para Todos (PAT) que está transformando o quadro de escassez de água no Estado, onde apenas 30% da população rural tinha acesso a esse bem essencial. Já são mais de R$ 971,2 milhões em obras concluídas e em execução, para beneficiar cerca de 2,6 milhões de baianos de diferentes regiões.

 

Por meio do Água para Todos, o governo pretende investir, até o fim de 2010, R$ 2,1 bilhões para garantir o atendimento aos direitos humanos fundamentais de acesso à água com qualidade e quantidade, além de ampliar os serviços de esgotamento sanitário em todo o estado, beneficiando 3,5 milhões de pessoas.

 

Fonte: http://www.jornalfeirahoje.com.br/materia.asp?id=19764

Fortalecer o setor agropecuário, fomentar a geração de negócios e aprimorar o sistema produtivo da região. Com esse objetivo, a Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri) apoia e participa da 28ª Exposição Agropecuária de Barreiras, que deve alcançar mais de R$ 20 milhões em negócios, incluindo quatro leilões, e um público superior a 100 mil.

O evento foi iniciado no dia 4 deste mês, com encerramento previsto para próximo domingo (11), no parque de exposições Engenheiro Geraldo Rocha. Na sexta (9), o secretário da Agricultura, Eduardo Salles, visita a exposição e atende os agricultores familiares, produtores e líderes da agropecuária do município e região no estande institucional da Seagri.

No evento, organizado pela prefeitura Barreiras e a Associação dos Criadores de Gado do Oeste da Bahia (Acrioeste), a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) apresenta seus principais projetos como os de biodiesel (mudas e sementes), café (mudas de variedades promissoras), fruticultura (mudas de diversas frutíferas da região), bovinocultura/ovinocaprinocultura, mandioca (demonstração do seu uso na alimentação humana), alho, algodão colorido e grãos (soja, feijão e milho).

A Bahia Pesca realiza o curso de Técnicas de Beneficiamento, Processamento e Culinária de Pescado, ministrado pelo técnico José Prazeres, na sexta e sábado, das 14h às 18h.

Fonte: http://www.jornalfeirahoje.com.br/materia/20035/exposicao-agropecuaria-de-barreiras-deve-movimentar-rs-20-milhoes