Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Show realizado em 2010!

Nesta quinta (25), a casa noturna Magnum, em Barreiras, na Bahia, recebe os sertanejos Jorge & Mateus. Nascida na cidade de Itumbiara, no interior de Goiás, a dupla mescla estilos tradicionais do cancioneiro interiorano com influências de ritmos contemporâneos.

Na apresentação, eles mostram ao público canções de seus dois álbuns, Ao Vivo em Goiânia (2008) e O Mundo É Tão Pequeno (2009), dos quais fazem parte sucessos como De Tanto Te Querer e a sempre tocada Pode Chorar.

O cantor Walmir Serpa também sobe ao palco da casa na noite de hoje.

SERVIÇO

Jorge & Mateus

Endereço: Magnum – av. Clériston Andrade, 6.111, Barreiras (BA) - (77) 3613-5507

Horário: quinta (25), às 22h

Preço: não informado

 

 

 

 

O Ministério Público Federal (MPF) em Barreiras (BA) ajuizou ação civil pública para que a Justiça Federal conceda liminar determinando que a União deflagre, em 90 dias, os procedimentos necessários à instalação de uma unidade descentralizada da Delegacia da Polícia Federal (PF) no município, com dois delegados, no mínimo 12 agentes, três escrivães e três servidores administrativos. O MPF requer, ainda, a instalação, em até 45 dias, de um posto provisório da PF com dois delegados na cidade situada a 857 quilômetros de Salvador.

 

Em Barreiras já funcionam órgãos federais relevantes, como a Receita Federal, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Ministério Público do Trabalho (MPT), Polícia Rodoviária Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), Universidade Federal da Bahia (Ufba), 4° Batalhão Militar de Engenharia e Construção, além do MPF. No entanto, os 31 municípios que compõem a área da Subseção Judiciária de Barreiras são de atribuição da Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal na Bahia, com sede em Salvador.

 

“Não se pode esquecer o fato dos policiais, eventualmente designados para diligências no Oeste Baiano, terem de se deslocar de Salvador a municípios que distam até mil quilômetros, para a realização das atribuições que lhes foram afetadas, o que gera um vultoso e desnecessário dispêndio para os cofres públicos, a exposição das vidas dos servidores públicos a risco, e o próprio prejuízo à realização de diligências urgentes” afirma o procurador da República Fernando Túlio na ação.

 

Para o procurador, em decorrência da distância de quase 900 Km, a PF encontra-se inviabilizada de realizar prisões em flagrante em Barreiras e municípios circunvizinhos, com efetivo prejuízo às investigações.  Além disso, a ausência de uma unidade da delegacia na cidade tem acarretado problemas como o cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal por Policiais Civis do estado.

 

Ainda segundo a ação, por estar localizada às margens de uma das principais rodovias do país, a cidade está propícia à ocorrência de diversas infrações de caráter federal, como contrabando, descaminho, trabalho escravo, estelionato por fraude bancária e contra o INSS, crimes contra as telecomunicações e contra o meio ambiente. “O fato de a Superintendência da Polícia Federal de Salvador estar vinculada à apuração de infrações praticadas em localidades bem distantes de sua sede tem ocasionado uma atuação policial pífia, inefetiva, em visível prejuízo à população”, afirma o procurador.

 

Número da ação para consulta processual na Justiça Federal em Barreiras: 2010.33.03.000414-1.

 

Fonte: http://www.jornalnovafronteira.com.br/?p=MConteudo&i=729

Por Yonara Alves

 

A partir da década de 1970, com a chega do 4º Batalhão de Engenharia e Construção – BEC, a cidade de Barreiras inaugurou uma nova fase de prosperidade e crescimento. Desde então, o município só alavancou seu potencial na agricultura, pecuária e comércio. Na década de 1980, com a introdução do plantio da soja, a cidade tornou-se o principal centro urbano da região oeste, atraindo imigrantes de todo o país.

Dando um salto na história, a cidade que ficou conhecida no país todo pela cultura da soja, hoje, se destaca em diversos setores da economia regional. O comércio local atende não só aos pouco mais de 137 mil habitantes, como toda a população circunvizinha. Lojas conhecidas nacionalmente como: Americanas, Atacadão, Paraíba, Insinuante e Lojas Maia comprovam a grande circulação de recursos no comércio.

No ensino superior, são sete instituições que oferecem cursos como agronomia, engenharia, fisioterapia, letras e educação física. Pela grande oferta de vagas na rede pública e privada de nível superior, mais de 15 mil estudantes circulam pela cidade movimentando comércio, mercado imobiliário e transporte público. “Sou de Ibotirama e vim estudar em Barreiras por causa das faculdades estadual e federal que estão aqui. Esta cidade é um lugar bom pra se viver, mesmo sendo um município de pequeno porte encontramos grandes lojas, bons restaurantes e maior oferta de emprego”, comentou o estudante Carlos Eduardo.

Com o mercado imobiliário em grande fase de desenvolvimento e a escassez de casas e terrenos disponíveis, os imóveis são cada vez mais valorizados. Em alguns bairros residenciais, os terrenos com metragem de 12x30 custam cerca de 120 mil reais.  É grande o surgimento de novos condomínios e prédios, a média de preço para aquisição de bons apartamentos com três quartos varia de 250 a 400 mil reais.

 

Fonte: http://barreiras.hpdesign.com.br/index.php?id=ler_noticia&id_editoria=34&id_noticia=488