• Secretaria Municipal de Educação de Barreiras propõe calendário de reposição de aulas.

    Em reunião na Escola Municipal de Informática, na tarde dessa terça-feira, 10, gestores escolares, conselhos, sindicatos e representantes da Secretaria Municipal de Educação, debateram sobre a implantação de um calendário que atenda à necessidade de reposição de aulas em algumas unidades escolares da rede que tiveram atraso no início do ano letivo, em função das intervenções de reforma e requalificação.

  • Rodas de conversa sobre autismo vão possibilitar troca de experiências nesta segunda, 09.

    Nesta segunda-feira, 09, acontecerá a Roda de Conversa sobre Autismo com o tema “Novo Olhar”, às 09h00, no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho. O encontro faz parte da programação “Abril Azul mês de conhecer o Autismo” e tem como objetivo reunir pais, famílias e profissionais que lidam com a tarefa de educar e cuidar de crianças autistas.

    O evento será realizado pela Secretaria Municipal de Educação por meio da Subdiretoria de Acessibilidade e Inclusão, em parceria com a Associação de Amigos dos Autistas de Barreiras – AMA. A roda de conversa será mediada pela psicopedagoga Mauren Coité, a professora Maria Joseane dos Santos que é especialista em atendimento educacional especializado e sala de recursos multifuncionais, e Anete Farias, mãe de um autista que estuda na Escola Municipal Antônio de Matos.

    A subdiretora municipal de acessibilidade e inclusão, Eliene Fernandes, estendeu o convite a toda população, chamando atenção para a importância de conhecer, identificar e acompanhar o atendimento aos autistas.

    “Atualmente temos na rede de ensino municipal 35 estudantes autistas e 04 em processo de diagnóstico. É preciso convidar as pessoas e instruir as famílias sobre os transtornos comportamentais, estratégias de trabalho na escola, articulação da família com os profissionais de educação e saúde para que possamos atender nossas crianças”, disse Eliene.

    Fonte: barreiras.ba.gov.br

  • Alunos da Escola Municipal Costa Borges e comunidade barreirense participaram do projeto especial em celebração ao 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, promovido pela equipe da Biblioteca Municipal Folk Rocha. A programação reuniu gastronomia, teatro, poesia e palestra.

    O professor da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Edson Santana palestrou sobre a história e a luta do negro. A Escola Municipal de Teatro apresentou a peça Navio Negreiro, baseada na obra de Castro Alves. O trabalho foi idealizado pela assessora de projetos Carmen Diana.

    “Além das atividades culturais promovemos a degustação de acarajés que é uma comida típica baiana e que mostra a nossa integração com a cultura africana. Estamos muito felizes com o apoio que a Secretaria Municipal de Educação e Diretoria de Cultura, vem dando ao desenvolvimento dos nossos projetos”, disse Elba Lopes, coordenadora da Biblioteca Folk Rocha.

    A Biblioteca Municipal funciona na sede do Palácio das Artes, na Praça Castro Alves.

    Fonte: barreiras.ba.gov.br