PF cumpre mandados em empresa que há 6 anos vende seguros automotivos falsos na BA; clientes não têm acesso ao benefício.

Conforme a PF, empresa engana vítimas com seguro que não existe, na cidade de Barreiras, no oeste. Mídias e documentos foram achados durante buscas e encaminhados para investigação.

A Polícia Federal da Bahia cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma empresa que vende seguros automotivos ilegalmente há 6 anos, na cidade de Barreiras, localizada no oeste do estado. A operação ocorreu na manhã desta quinta-feira (12).

De acordo com a PF, a empresa, que não teve o nome divulgado, opera sem autorização do Governo e, quando o segurado tenta acionar o seguro por algum motivo, não consegue ter acesso ao benefício, porque ele não existe.

Conforme o delegado Emerson Fonseca, da PF de Barreiras, a empresa atraí os proprietários de veículos com um preço mais baixo que o de mercado, por ser ilegal, e, em seguida, aplica o golpe.

A empresa começou a funcionar no município em 2012, e, desde o início, está sob investigação, segundo a PF. Durante a ação desta quinta-feira, foram recolhidos mídias e documentos. O material será periciado e ficará sob o poder da Justiça Federal.

"Ela [empresa] não tem autorização para trabalhar com seguros, logo não assume a qualidade de seguradora. Com isso, consegue vender o produto mais em conta. As pessoas não sabem que é ilegal e são lesadas. É arriscado", contou o delegado Emerson Fonseca.

Embora seja alvo de uma investigação policial, segundo a PF, a empresa não foi fechada.

Em nota, a Associação Brasileira de Benefícios e a empresa enviaram uma nota dizendo que as atividades realizadas são legais e regulares, e que planos de seguro não são comercializados ilegalmente. A empresa informou, ainda, que presta assistência a todos os associados. Fonte G1 BA

Capacitação dos produtores no Val da Boa Esperança incentiva inclusão de biscoitos caseiros na merenda escolar.

Dando seguimento à mobilização e capacitação que estão sendo realizadas nas comunidades rurais, hoje, 12, as equipes da Prefeitura de Barreiras e Sebrae foram até a comunidade do Val da Boa Esperança. O encontro com os produtores da agricultura familiar e biscoiteiras aconteceu na Associação do Val e reuniu muitos moradores que buscavam informações sobre o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Durante o encontro, os técnicos das secretarias de Agricultura, Educação e do setor de Licitação acompanharam os produtores, que tiveram um momento para tirar dúvidas sobre os programas, como se habilitar, cadastrar e viabilizar a documentação necessária para participar da chamada pública.

Biscoitos: complemento na merenda escolar
A região do Val é famosa pela produção dos biscoitos de polvilho, ginetes, petas e outros produtos artesanais, que poderão ser incluídos na merenda escolar, devido ao alto índice de nutrição dos derivados da mandioca.

“Nossa meta é levar informações, incentivar os produtores, biscoiteiras e todas associações a estarem aptas para o PAA que é um canal de compras públicas. Além de fortalecer a produção, também estaremos reforçando a merenda escolar, com produtos artesanais de qualidade e saborosos”, disse o secretário, José Marques.

A equipe do Sebrae também acompanha a mobilização das comunidades rurais localizadas no Vale e Cinturão Verde. As palestras e bate-papos são voltados a capacidade produtiva, potencialidades, produtos e associativismo para a ampliação da agricultura familiar.

As mobilizações e atendimento às comunidades tem caráter permanente. As equipes da Secretaria de Agricultura e Sebrae estarão à disposição para o atendimento. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 77 3613-9575 e 3611-3013. Fonte: barreiras.ba.gov.br

 

A manutenção preventiva do ar-condicionado previne vários problemas. Quando o ar-condicionado está sujo, ele acaba forçando mais seu compressor para esfriar o ambiente e isso gera maior gastos de energia. Além do acúmulo de poeira que diminui a vida útil do ar-condicionado, os aparelhos sem manutenção sendo usados com frequência ou não, podem gerar enferrujamento e corrosão das peças. A manutenção preventiva do ar-condicionado, vai além da limpeza dos filtros feita a cada quinze dias, deve ser realizada no mínimo uma vez por ano por um técnico especializado em manutenção.

Precisando de um profissional para a manutenção de ar condicionado em Barreiras-Ba?

 

Barreiras participa do Seminário Diálogos sobre a Primeira Infância no SUAS, em Salvador.

A secretária de assistência social e trabalho, Karlúcia Macêdo, juntamente com a diretora do Departamento de Proteção Básica de Barreiras, Jane Lúcia Pimentel, participaram do Seminário Diálogos sobre a Primeira Infância no SUAS, promovido pela Superintendência de Assistência Social da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social – SJDHDS. O evento aconteceu em Salvador nessa terça 10, e quarta-feira, 11.

O seminário foi voltado aos profissionais da assistência social dos 417 municípios da Bahia, com o objetivo de promover o diálogo sobre o papel da família, o fortalecimento dos vínculos, além do cuidado e a promoção do desenvolvimento infantil.

O Programa Primeira Infância no SUAS materializa a participação da política de Assistência Social no Programa Criança Feliz, de natureza intersetorial, potencializando as atenções já desenvolvidas pela política de Assistência Social às gestantes, crianças na primeira infância e suas família, trazendo novos elementos para fortalecer o enfrentamento da pobreza além da questão da renda e reduzir desigualdades.

De acordo com a secretária municipal de assistência social, essa foi uma grande oportunidade para discutir questões envolvendo projetos relevantes aos municípios. “Tivemos a oportunidade de conhecer importantes projetos e suas aplicabilidades. Nas palestras, discutimos sobre a primeira infância e sua relação com as políticas públicas, o desenvolvimento social e econômico dos municípios, dentre outras temáticas irão contribuir na implantação do Projeto Primeira Infância Criança Feliz, em Barreiras ainda esse ano”, disse Karlúcia Macêdo. Fonte: barreiras.ba.gov.br

Secretaria Municipal de Educação de Barreiras propõe calendário de reposição de aulas.

Em reunião na Escola Municipal de Informática, na tarde dessa terça-feira, 10, gestores escolares, conselhos, sindicatos e representantes da Secretaria Municipal de Educação, debateram sobre a implantação de um calendário que atenda à necessidade de reposição de aulas em algumas unidades escolares da rede que tiveram atraso no início do ano letivo, em função das intervenções de reforma e requalificação.

Prefeitura de Barreiras capacita comunidades rurais para fornecer produtos da agricultura familiar à merenda escolar.

A Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Tecnologia, Indústria e Comércio através do Programa Vale Produtivo está realizando em parceria com o Sebrae, a capacitação das comunidades rurais localizadas no Vale e Cinturão Verde do município. A finalidade é deixar o agricultor familiar apto a fornecer e vender seus produtos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O governo do estado lançou um edital para REDA emergencial (apenas com análise de currículo).

Tem vaga para várias cidades para:

Técnico em artes visuais (graduado em Belas Artes, Artes Plásticas, Artes Visuais, Educação Artística ou Design),

dança (graduado em Dança; Graduado em Educação Física com experiência docente comprovada, na área artística e na interface com a dança comprovada.),

teatro ( Graduado em Teatro; ou em Artes Cênicas), produção de áudio e vídeo (Graduado em Comunicação Social),

instrumento musical (Graduado em Música; ou em Educação Artística com habilitação em Música),

multimidia (Graduado em Comunicação Social.),

Campanha nacional contra gripe começa no próximo dia 23


País registrou 228 mortes causadas pelo influenza no 1º trimestre; em 2017 foram 28. A campanha nacional de vacinação contra a gripe será realizada a partir do dia 23, no período que é considerado o de maior recorrência da doença. Neste ano, até 31 de março, foram registrados 228 casos de influenza em todo o País. No mesmo período, foram 28 mortes.