Investimentos na assistência farmacêutica otimizam a oferta de medicamentos e insumos à população barreirense.

Os investimentos em 2017 ultrapassaram mais de quatro milhões em medicamentos e material hospitalar. Nos primeiros meses de 2018, o município já investiu cerca de R$ 1.200.000,00 em medicamentos e insumos.

A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Central de Abastecimento Farmacêutico – CAF, adquiriu no final do mês de março, medicamentos para as diversas unidades de saúde de Barreiras. Anticoncepcionais, anti-inflamatórios, antibióticos, suplementos alimentares, repelentes, insulinas, medicamentos para controle do colesterol, analgésicos, psicotrópicos, material hospitalar e diversos outros insumos abastecerão o Hospital Municipal Eurico Dutra, o Centro Municipal de Saúde Emilly Raquel, Centro de Atendimento Leonídia Ayres, Hospital da Mulher, Centro de Atendimento à Mulher – CAM, o Centro de Atenção Psicossocial, as 25 Unidades de Saúde da Família, as 12 Unidades Básicas de Saúde e a Farmácia Cidadã.

A retirada prevista para o primeiro trimestre de 2018, da contrapartida do Estado para aplicação na Farmácia Básica do município, alcançou R$ 176.331,36, um investimento considerável para o primeiro trimestre, tendo em vista que, ao longo de 2017 as cinco retiradas junto ao Estado da Bahia alcançaram R$ 359.366,31, ultrapassando a meta de R$ 344.674,65 disponibilizados para Barreiras. Vale ressaltar que, entre 2013 e 2016 apenas oito retiradas foram realizadas pelo município, sendo indicado no mínimo uma retirada a cada trimestre, o que ocasionou um saldo de cerca de 500 mil reais que poderiam ter sido investidos no município.

O município de Barreiras realiza todos os registros através do Sistema SIGAF, utilizado pelo Estado para fazer cumprir a portaria 2.001/17 a qual dispõe sobre as normas de financiamento e de execução do Componente Básico da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. No ano de 2017, o município de Barreiras iniciou a implantação o Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica – Hórus, sistema próprio do Ministério da Saúde, com custo zero para o município, totalmente adequado às normas operacionais, sendo possível o total controle das entradas, distribuições para as unidades e entrega para os usuários.

Aline Santos foi nessa manhã retirar medicamentos para sua mãe, avô e avó. “Há mais de um ano minha mãe e meus avós pegam os medicamentos para aliviar dores, pressão alta e para o tratamento da próstata, o apoio da Prefeitura no fornecimento dessa medicação é muito importante, uma vez que são medicamentos caros e eles utilizam com frequência”, relatou.

Somente em 2017, a Prefeitura de Barreiras investiu na compra de medicamentos e material hospitalar, o valor de R$ 4.578.375. Cerca de 45 mil usuários estão cadastrados na CAF e a média de atendimento por dia alcança 500 usuários. Nos primeiros meses de 2018, a Secretaria de Saúde já investiu cerca de R$ 1.200.000,00 na assistência farmacêutica do município.

“Garantir medicamentos nos postos de saúde e nos hospitais é compromisso da gestão municipal, para isso estamos investindo recursos próprios e utilizando na totalidade as contrapartidas do estado, somente nesses três primeiros meses de 2018 já somam mais de um milhão de reais investidos. A meta é garantir aos usuários do SUS a assistência integral as suas necessidades de saúde”, destacou Marisete Bastos.

Fonte: barreiras.ba.gov.br

Prefeitura de Barreiras concede reajuste aos servidores públicos municipais.

Com o bom andamento das negociações entre a Prefeitura de Barreiras e os sindicatos que representam os servidores, através do diálogo e entendimento que tem sido uma prática nesse governo, ficaram definidos oficialmente os percentuais de reajustes dos salários dos servidores civis, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias e professores. A reunião que finalizou as negociações ocorreu no gabinete da secretária de administração e planejamento Versiany Roque, na manhã desta terça-feira, 10.

Após o diálogo com o poder executivo e a realização das assembleias sindicais, ficou definido reajuste de 4% aos servidores civis, agentes comunitários de saúde e agente de combate às endemias. Já aos professores, terão reajuste de 7%, todos aplicados no mês de abril. “Pela primeira vez na história, não colocaremos nossa cara no sol para garantir nossos direitos”, destacou a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Barreiras – Sindsemb, Carmélia da Mata.

O acordo inclui também a mudança da data-base de todas as categorias para o mês de abril. Segundo a secretária de administração Versiany Roque, o projeto será encaminhado à apreciação do legislativo ainda esta semana.

“Conseguimos chegar a uma conclusão que alia a necessidade que tem a administração pública em obedecer os limites prudenciais que nos impõe a legislação e os interesses dos servidores. Outro ponto importante foi a mudança da data-base, que permitirá ao município se planejar com base nos cenários do primeiro trimestre de cada ano, para seguirmos honrando nossos compromissos com as categorias, pois tem sido esta a determinação do prefeito Zito Barbosa”, explicou a secretária.

Participaram das mesas de negociações, a equipe técnica do governo, o procurador-adjunto Bruno Almeida, a secretária de administração e planejamento Versiany Roque, os representantes do Sindsemb, Sindi-Acs/Oeste e Sinprofe. Finalizada esta etapa, as categorias pretendem trabalhar a reestruturação dos planos de carreira.

“A gente percebe que as negociações fluíram bem, houve democracia em relação à decisão, ouvimos as propostas e levamos às assembleias, respeitando a voz do servidor e consideramos o resultado satisfatório. Temos aqui o desejo de que continuemos nos reunindo para tratar dos assuntos pertinentes às categorias, a exemplo do plano de carreira específico dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias”, concluiu Luciano Pereira, presidente do Sindi-Acs/Oeste.

Fonte: barreiras.ba.gov.br

 

Bairros Ouro Branco, Flamengo e Ribeirão comemoram entrega de unidades escolares requalificadas.

Foi ao som de Asa Branca, de Luiz Gonzaga, na flauta doce do aluno Eric Rian da Silva do 6º ano, que a comunidade do Bairro Ouro Branco comemorou junto com a comitiva do prefeito Zito Barbosa a entrega da Escola Municipal Iazinha Pamplona, completamente reformada. Na tarde desta segunda-feira, 09, a programação de entregas passou também pela Escola Alcyvando Liguori da Luz II, no Bairro Flamengo, e Escola Maria Castro e Silva, no Bairro Ribeirão. Com as aulas em andamento normal, as unidades educacionais receberam intervenções no piso, telhado, pintura, rede elétrica, banheiros, acessibilidade e móveis novos.

“Hoje vemos a mudança da estrutura física que nós tanto almejávamos durante tantos anos, a escola estava em uma das situações mais caóticas que existia. Eu trabalho aqui há dez anos, mas tem colegas com 20 anos de serviços prestados, e só agora vimos essa transformação”, disse Sônia Escobar, diretora da Escola Municipal Iazinha Pamplona.

Na Escola Alcyvando Liguori da Luz II, o clima de alegria não foi diferente. Os alunos sofriam com a má qualidade da estrutura, principalmente no período chuvoso. “Quando chovia, tinha que mandar os alunos embora ou ligar para não virem à aula, o medo era que o teto desabasse, mas acreditamos que tudo tem o seu momento e o nosso chegou”, destacou a diretora Ivanilde dos Santos.

O momento foi de homenagem à contribuição de Alcyvando Luz e sua família no desenvolvimento da escola pública. “É uma grande honra representar a família, é uma homenagem muito bacana a um filho dessa cidade. Esperamos que os vereadores aprovem cada vez mais projetos importantes para a educação e que o município abrace esses projetos”, comentou Fátima Liguori, psicoterapeuta voluntária da escola.

O prefeito Zito Barbosa, vereadores e secretários de governo finalizaram a programação do dia, na Escola Municipal Maria Castro e Silva. No local, a comunidade preparou uma grande festa com apresentações de música e dança para comemorar a requalificação do prédio, onde um incêndio havia danificado a cantina. “Nós somos gratos pela nova escola, cada aluno que vem aqui sai com o sorriso no rosto. A nossa comunidade ficou muito feliz, sabemos da dificuldade até aqui, o dia da nossa vitória chegou”, disse Adriana Brito, moradora do Bairro Ribeirão.

Após receber homenagens da comunidade escolar, o prefeito Zito destacou que “educação tem que ser prioridade de qualquer governo, principalmente aquele que quer ver a sua cidade, o seu estado e o seu país crescer e desenvolver, é isso que temos feito em Barreiras, nos comprometemos com as mudanças e assumimos o desafio de transformar a educação em nosso município e estamos fazendo em um curto espaço de tempo”, declarou Zito Barbosa.

O prefeito ainda anunciou que a prefeitura fará melhorias nas ruas do entorno da Escola Iazinha Pamplona e cobertura da quadra de esporte da Escola Alcyvando Liguori da Luz II. Segundo Zito, a prefeitura está finalizando o planejamento da construção de uma grande escola que servirá de referência às comunidades do Ribeirão, Boa Sorte e Conjunto Habitacional Boa Sorte.

Fonte: barreiras.ba.gov.br

Bancos anunciam novas regras para cheque especial; mudanças começam a valer em 1º de julho.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou nesta terça-feira (10) um novo regulamento que terá que ser aplicado pelos bancos junto aos clientes que utilizam o cheque especial. De acordo com a instituição, a regra entra em vigor em 1º de julho.

O cheque especial é uma das mais caras modalidades de crédito no país. Em fevereiro, a taxa média de juros cobrada pelos bancos era de 324,1% ao ano.

As taxas permanecem altas apesar da forte redução promovida pelo Banco Central na taxa Selic, que atualmente está na mínima histórica de 6,5% ao ano.

Diante dessa situação, nos últimos meses representantes da equipe econômica do governo Michel Temer vinham indicando a possibilidade de adoção de medidas para forçar a queda dos juros do cheque especial, a exemplo do que ocorreu com o cartão de crédito.

O conjunto de regras anunciado nesta terça, porém, foi definida pelos próprios bancos, por meio de um normativo de autoregulamentação.

 

O que prevê o novo reglamento?


A principal medida prevista no normativo é a obrigação de que os bancos signatários disponibilizem para os clientes, "a qualquer tempo", opções para o pagamento do saldo devedor do cheque especial "em condições mais vantajosas" do que as praticadas no próprio cheque especial, "no que diz respeito à cobrança de encargos financeiros.

De acordo com o texto, entre as alternativas que os bancos vão oferecer deve estar o parcelamento da dívida do cheque especial.

No caso de clientes que utilizem mais de 15% do limite do cheque especial durante 30 dias, de forma ininterrupta, o normativo prevê que os bancos devem, de forma pró-ativa, oferecer essas alternativas mais vantajosas para pagamento do saldo devedor. Essa regra se aplica somente para dívidas superiores a R$ 200.


A oferta das opções mais vantajosas para pagamento do cheque especial, neste último caso, devem ocorrer em até 5 dias úteis após os bancos constatarem que o cliente se enquadra neste caso.

O cliente não será obrigado a contratar uma das alternativas oferecidas pelos bancos. Nesses casos, os bancos terão que reiterar as ofertas aos clientes a cada 30 dias.

Se o cliente optar por parcelar a dívida do cheque especial, os bancos terão a opção de manter ou não o limite de crédito dessa modalidade ao consumidor.

 

Transparência


O normaltivo prevê ainda que os bancos vão promover "ações de orientação financeira relacionadas ao cheque especial, especialmente no que diz respeito à sua utilização em situações emergenciais e de forma temporária."

Caso um cliente utilize o cheque especial, independente do valor, o banco deverá enviar alerta a ele informando sobre a contratação do produto, além de reforçar que esse crédito deve ser usado de maneira emergencial e temporária.

Fonte: G1

FASB orienta servidores municipais de Barreiras no preenchimento da declaração do IR.

Pelo quinto ano consecutivo, a Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), em parceria com o Sindicato dos Servidores Municipais de Barreiras (Sindsemb), promoveu uma sessão de orientação para o preenchimento da declaração do Imposto de Renda (IR). O trabalho, realizado na manhã do último sábado (07), foi conduzido por acadêmicos do curso de Ciências Contábeis e teve como público alvo servidores municipais e pessoas da comunidade com valor a ser declarado até o limite de R$ 50 mil.

Os alunos do 5º semestre estiveram à frente do atendimento, enquanto os do 7º - que na edição passada também participaram da ação - atuaram como monitores. “Uma atividade como essa é muito importante para os nossos alunos experimentarem, na prática, o que eles já conhecem na teoria. Isso agrega muito valor e cria um caráter de profissionalismo que vão levar para a vida deles”, disse Ginda Klaus, coordenadora do curso de Ciências Contábeis da FASB.

Carmélia da Mata, presidente do Sindisemb, destacou os benefícios gerados pela ação. “Atendemos um número significativo de pessoas durante toda a manhã de sábado. A iniciativa tem duplo benefício, atende pessoas que não podem pagar um certo valor pela declaração do imposto e oferece aos alunos uma experiência prática muito interessante”, afirmou. A sindicalista ressaltou que haverá mais uma sessão de orientação no próximo sábado (14).

Viés social - Nesta edição o projeto passou a receber doação de latas de leite em pó, tanto dos alunos participantes, quanto do público beneficiado. “Vamos realizar uma segunda etapa do projeto, com a doação do leite arrecadado para o Abrigo de Idosos, o Projeto Catavento e o Lar de Emanuel”, informou Ginda, que teve o apoio dos professores Leandro Carvalho e José Leonan.

A coordenadora tratou também de outro tema importante. “É bom deixarmos claro que a FASB não está interferindo na atividade profissional dos contadores. Além dos servidores, o público atendido estava dentro do teto de R$50 mil, que são pessoas que têm a renda mais baixa, mas são obrigadas a declarar o IR”, finalizou.

Fonte: ARATICUM Comunicação

Cid Moreira visita pela primeira vez Barreiras e Luís Eduardo Magalhães.

Pela primeira vez, apresentador global Cid Moreira visita as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. O jornalista e recordista mundial na bancada de um telejornal estará na região para eventos promovidos pela Educação Adventista e coletivas de imprensa nas duas cidades.

Em Barreiras, a entrevista coletiva ocorrerá no dia 7 de maio, às 10h00, no Hotel Morubixaba*. Em Luís Eduardo Magalhães, a coletiva acontecerá no Auditório do Sindicato dos produtores rurais de Luiz Eduardo Magalhães (SPRLEMO*), dia 9 de maio, às 15h. Representantes da imprensa de toda a região e autoridades locais, estão sendo convidados a participar deste momento ímpar.

Em Barreiras, no Espaço Fortiori*, no dia 8 de maio, às 19h30, Cid Moreira e sua equipe estarão se apresentando ao público, onde vão abordar temas recorrentes de sua carreira e estilo de vida. Os convites para o evento são limitados e podem ser retirados gratuitamente na Escola Adventista de Barreiras*.

Em Luís Eduardo Magalhães o programa ocorrerá no dia 10 de maio, no 4 Estações Hall*, às 19h30. O evento será aberto ao público.

Mais informações sobre o Cid Moreira e uma introdução do conteúdo que será apresentado, você encontra no documento anexo.

*HOTEL MORUBIXABA: Av. Antônio Carlos Magalhães, 2024 - Novo Horizonte, Barreiras - BA, 47801-285

* AUDITÓRIO SPRLEMO: Rua Sergipe 985, Bairro Mimoso 1

* ESPAÇO FORTIORI: Av. Ahylon Macedo, nº 637 - Centro - BARREIRAS - BA

* ESCOLA ADVENTISTA DA BARREIRAS: R. Ibirapuera, 266 - Renato Goncalves, Barreiras - BA, 47806-041

* 4 ESTAÇÕES HALL: Av. Luís Eduardo Magalhães - Jardim Paraiso Fase II, Luis Eduardo Magalhães - BA, 47850-000

Fonte: Érika Uchôa Assessora de Comunicação Educação Adventista / Blog Sig Vilares

 

Rodas de conversa sobre autismo

Rodas de conversa sobre autismo vão possibilitar troca de experiências nesta segunda, 09.

Nesta segunda-feira, 09, acontecerá a Roda de Conversa sobre Autismo com o tema “Novo Olhar”, às 09h00, no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho. O encontro faz parte da programação “Abril Azul mês de conhecer o Autismo” e tem como objetivo reunir pais, famílias e profissionais que lidam com a tarefa de educar e cuidar de crianças autistas.

O evento será realizado pela Secretaria Municipal de Educação por meio da Subdiretoria de Acessibilidade e Inclusão, em parceria com a Associação de Amigos dos Autistas de Barreiras – AMA. A roda de conversa será mediada pela psicopedagoga Mauren Coité, a professora Maria Joseane dos Santos que é especialista em atendimento educacional especializado e sala de recursos multifuncionais, e Anete Farias, mãe de um autista que estuda na Escola Municipal Antônio de Matos.

A subdiretora municipal de acessibilidade e inclusão, Eliene Fernandes, estendeu o convite a toda população, chamando atenção para a importância de conhecer, identificar e acompanhar o atendimento aos autistas.

“Atualmente temos na rede de ensino municipal 35 estudantes autistas e 04 em processo de diagnóstico. É preciso convidar as pessoas e instruir as famílias sobre os transtornos comportamentais, estratégias de trabalho na escola, articulação da família com os profissionais de educação e saúde para que possamos atender nossas crianças”, disse Eliene.

Fonte: barreiras.ba.gov.br