Crianças do Porto da Paz ganham roupas de balé e partituras através do Projeto VIVA PORTO

O Centro Espírita Porto da Pazdesenvolve Oficinas de Trabalho e atendimento a crianças e adolescentes de Porto Seguro.

 

São 150 crianças do bairro Vila Vitória e 50 crianças do Campinho, com idade entre 5 a 12 anos, atendidas aos sábados. Há outro grupo de 193 crianças com idade entre 5 a 17 anos, que participam do projeto “Arte e Ação – Cultura com Cidadania”, onde aprendem balé, violão e coral com musicalização (canto, flauta e teclado). Segundo a presidente da instituição, Carla Nunes, os projetos modificam o comportamento e a vida das crianças.

 

Para realizar este grande trabalho, a instituição precisa de doações e mais uma vez as crianças atendidas puderam contar com oapoio do projeto VIVA PORTO, por meio de seus idealizadores dona Graça Nascif e Beto Axé Moi.

 

“Ano passado eles deram o dinheiro para comprar as roupas de balé para a apresentação de final de ano das crianças. Já não é o primeiro ano que Beto se disponibiliza a nos ajudar. Este ano entrou uma nova leva de 90 meninas, sendo que o primeiro uniforme é dado pela instituição. Procuramos Beto e dona Graça para saber se poderiam ajudar novamente e no dia seguinte eles doaram todo o dinheiro necessário para compra dos uniformes e mais 10 estantes de partituras. Isso foi realmente tudo de bom”, afirma Carla

 

“É muito gratificante trabalhar com toda a equipe do Porto da Paz, sempre com  tarefas intensas e contínuas no amparo e apoio à comunidade carente (ou não) da cidade. Somos eternamente gratos a centenas de pessoas que contribuem e nos ajudam, no sublime e gratificante serviço de resgate da auto-estima de cada cidadão que nos procura; são valiosos tesouros espirituais que adquirimos durante a nossa existência, e que levamos como preciosa recordação e lembrança para a eternidade de nossas vidas. É simplesmente maravilhoso”, reconhecem Carla Nunes e Neiva Guarez, dirigentes da instituição.

 

Quem quiser fazer doações de alimentos, roupas, brinquedos ou utensílios domésticos pode levar na instituição, que fica no bairro Campinho. Telefones: 3012-1270; 9969-2299