Esclarecimento da Prefeitura sobre incidente envolvendo o Prefeito

Face aos incidentes ocorridos na manhã desta sexta-feira (14/02), em Barreiras,  esclarecemos que a presença do Prefeito Antonio Henrique no local das manifestações ocorridas na BR 135, deu-se exclusivamente por ser uma rotina de todas as manhãs na agenda do Prefeito, acompanhar pessoalmente, as frentes de trabalho e obras que a prefeitura realiza nos bairros da cidade e desde segunda-feira, depois da transferência do tráfego de veículos pesados para anel viário, ele faz o percurso para a Prefeitura acompanhando antes o nível de circulação no anel.

 

O Prefeito estava nas proximidades da manifestação, quando foi informado sobre o impedimento do trânsito. No local, encontrou manifestantes que são moradores de uma área do Distrito Industrial (posseiros que invadiram uma área pertencente ao Estado da Bahia, com decisão da Justiça para desocupação). O grupo interditou a BR-135, com queimas de pneus e faixas de protesto contra o Governador, provocando um congestionamento na via, que teve um significativo aumento no fluxo de veículos pesados.

 

Com a chegada do Prefeito ao local, os manifestantes afloraram os ânimos, destoando à manifestação para cobranças de obras que são de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes – DNIT. Foram vários minutos de conversas, na tentativa de negociar a abertura da estrada, mas que não surtiram efeito, talvez pela intencionalidade política das lideranças da manifestação.

 

Ciente da situação de falta de segurança dos manifestantes que fecharam a estrada com pedaços de madeira, pneus e fogueira, além da presença de várias crianças, o prefeito Antonio Henrique diante dos riscos e da ausência de policiamento, buscou a desobstrução da pista para normalizar a passagem de carros, carretas e até ambulâncias pelo local.

 

De acordo com o Secretário Municipal de Serviços Públicos e Transporte, João Muniz, uma máquina já estava seguindo em direção a uma frente de trabalho no bairro Vila Rica, permaneceu no local para fazer a limpeza da pista com pneus queimados e impedir o fogo de alastrar pelas margens (mato seco e rasteiro). Nesse entretempo, lamentavelmente um dos manifestantes, tentou impedir o trabalho da equipe da Prefeitura que estava no local, dirigindo palavras ofensivas e de baixo calão contra o prefeito que tentava evitar acidente ou qualquer incidente com os demais manifestantes e os próprios caminhoneiros, tentou sem sucesso, retirar um único manifestante da frente da máquina, que insistia nas afrontas e provocações a sua pessoa.

 

Registra-se que as reivindicações no tocante a BR-135, já são de conhecimento do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes – DNIT e que a Prefeitura realizou com autorização do órgão, a construção de um quebra-mola e sinalização do trecho, como medida preventiva a acidentes.

 

O Prefeito Antonio Henrique “enfatiza que em momentos desta natureza, os ânimos ficam acirrados parte a parte, e que neste clima tenso acabou sem intenção, se envolvendo diretamente no episódio. Lamenta o ocorrido e, sobretudo, a atitude inoportuna dos manifestantes de obstruir com crianças  uma via com tráfego pesado”.

 

O prefeito “compreende as reivindicações, mas entende que as manifestações não podem restringir o direito das pessoas de ir e vir, sobretudo aquelas que dependem única e exclusivamente de um único caminho para circularem seja transportando pessoas ou cargas e inclusive, pacientes em direção ao Hospital do Oeste em busca de atendimento de emergência”.

 

O Governo Municipal lamenta a exploração política do episódio, uma vez que o Prefeito estava imbuído somente do propósito desobstruir a via, para evitar  maiores problemas. Continuaremos trabalhando para ampliar as ações da Prefeitura naquela comunidade.

 

Barreiras, 14 de fevereiro de 2014.

 

PREFEITURA DE BARREIRAS

 

ASSESSORIA ESPECIAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – ASECOM

Fonte: http://barreiras.ba.gov.br/noticias/nota-de-esclarecimento/