Escolas da rede estadual realizam Feiras de Ciências

O entusiasmo vem tomando conta dos estudantes da rede estadual de ensino que participam das Feiras de Ciências nas unidades escolares. A ação, juntamente com a formação de professores, integra a Feira de Ciências da Bahia, inserida nos projetos estruturantes da Secretaria da Educação do Estado, no intuito de estimular a relação de ensino e de aprendizagem e fomentar o protagonismo dos estudantes na construção do conhecimento.

De acordo com o coordenador geral da Feira de Ciências da Bahia, Rogério Lima, do Instituto Anísio Teixeira (IAT), um dos objetivos da feira é fomentar a iniciação científica entre os estudantes na educação básica. “A ideia é fazer com que todos tenham acesso ao conhecimento. As feiras não se encerram nos estudantes que elaboram os projetos, elas estimulam os alunos que as visitam a participarem da feira nas futuras edições, fortalecendo a importância da pesquisa e da experimentação no processo de aprendizagem”, declarou Rogério Lima, informando que, este ano, 506 escolas assinaram o termo de adesão para a realização do evento.

 

Meio ambiente – Em Salvador, a Escola Dom Avelar Brandão Vilela, no bairro de Fazenda Grande do Retiro, realiza a sua feira nos dias 2 e 3 de outubro, abordando temas relacionados ao meio ambiente. Os estudantes do ensino fundamental (6º ao 9º ano) estão montando uma Feira de Ciências informativa, com foco no conteúdo pedagógico estudado em sala de aula. “Trabalhamos os temas água, animais e meio ambiente, saúde e alimentos, e tipos de energia, visando enfatizar o conteúdo estudado em cada série”, explicou o professor de ciências Osvaldo Neto, ressaltando que a realização da feira resulta em troca de experiências e contribui para o amadurecimento dos estudantes.

 

“Eu aprendi muito fazendo as pesquisas para a feira, nem imaginava, por exemplo, que existem diversas maneiras para renovar energia. Sabendo disso, agora nós podemos passar para outras pessoas”, disse a estudante do 7º ano do ensino fundamental, Alana Costa Vieira, de 12 anos. Junto com a sua turma, Alana preparou uma maquete para demonstração da geração de energia, através de um sistema eólico, movido pelo vento, considerado uma fonte de energia limpa. O projeto foi apresentado, quinta-feira (26/09), na Feira de Ciências do Colégio Estadual Padre João Montez, em Pojuca.

 

No colégio, a feira teve o tema “Energia nossa de cada dia”, buscando alertar os estudantes para a importância de preservar as fontes de energia do planeta. “Esse projeto não se resume à feira. Desde maio, os estudantes estão pesquisando e discutindo essa temática, a fim de elaborar projetos que conscientizem as pessoas sobre o uso racional da energia nas práticas do dia a dia. Entendendo isso, nós teremos um futuro mais sustentável”, frisou a diretora da escola, Helena Aparecida Rodrigues.

 

Já no Colégio Estadual Pedro Ribeiro Pessoa, no município de Catu, a Feira de Ciências aconteceu, quarta-feira (25/09), na Praça Ana Queiroz. A primeira feira realizada pela unidade escolar apresentou projetos relacionados ao impacto socioambiental da indústria do petróleo, alimentos com aditivos químicos, espécies de plantas medicinais utilizadas pela comunidade escolar, destinação de resíduos sólidos, uso de agrotóxicos na feira de Catu, entre outros projetos.

 

Em Ubaíra, no Colégio Estadual Balbino Muniz Barreto, os temas da Feira de Ciências, realizada nos dias 23 e 24 de setembro, giraram em torno da sustentabilidade do Rio Jiquiriçá. O rio, que corta toda a região, foi o pano de fundo para a abordagem de questões como reciclagem e outras maneiras de reaproveitamento de resíduos sólidos. Além de maquetes, os estudantes apresentaram alimentos produzidos com cascas de frutas e detergente natural.

 

Feira de Ciências da Bahia – Após a realização da etapa escolar da Feira de Ciências, cada escola selecionará três projetos que serão avaliados por uma comissão julgadora, a fim de selecionar os 150 projetos a serem expostos na III Feira de Ciências da Bahia, de 27 a 29 de novembro, em Salvador.

Fonte: http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/escolas-da-rede-estadual-realizam-feiras-de-ciencias