Exportações agropecuárias registram crescimento de 54,5% na Bahia

Como resultado do bom desempenho da agricultura baiana em 2014, as exportações do município de Barreiras obtiveram um incremento de 54,5% no primeiro semestre em comparação com igual período de 2013, alcançando US$ 130,4 milhões.

 

A taxa foi a maior dentre os municípios baianos. Já no ranking do volume nominal das vendas externas baianas, Barreiras ocupa a 7ª colocação, com destaque para o bom desempenho nas exportações de soja, algodão e milho.

 

Pelas últimas previsões do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA/IBGE), as estimativas para a safra de grãos da Bahia como um todo, são de um crescimento de 44%, com uma produção física de 8,8 milhões de toneladas, superando em 2,7 milhões de toneladas a de 2013.

 

Vendas de produtos do agronegócio registraram crescimento de 1,5% no primeiro semestreVendas de produtos do agronegócio registraram crescimento de 1,5% no primeiro semestre

 

No primeiro semestre as vendas de produtos do agronegócio contribuíram positivamente para a balança comercial baiana ao registrarem crescimento de 1,5%. Mesmo assim, em que pese a expansão de 6,6% no volume total embarcado, as exportações baianas até junho, acusam redução de 5,6%, resultado da queda generalizada dos preços das commodities no mercado internacional e da redução nas vendas de produtos manufaturados.

 

O município de Camaçari lidera o ranking com exportações de US$ 1,2 bilhão, basicamente produtos petroquímicos e automóveis. Cerca de 28% das exportações baianas são geradas em Camaçari. A seguir, vem São Francisco do Conde, com um montante exportado de US$ 763,6 milhões, tendo como principal produto os derivados de petróleo.

 

Mucuri é o terceiro maior exportador da Bahia, com receita de USS 421,3 milhões, tendo a celulose como carro chefe. O município de Luis Eduardo Magalhães com US$ 372,6 milhões vem em quarto, e também se destaca pela exportação de grãos como soja e milho. Seguem-se, Dias D’ávila com as exportações de cobre e produtos da metalurgia, com um montante da ordem de U$$ 233,5 milhões e Eunápolis com exportações de US$ 210,3 milhões, na área de celulose.

 

A Bahia foi o décimo maior estado exportador do Brasil no primeiro semestre de 2014 com US$ 4,43 bilhões ou o correspondente a 4% das vendas externas brasileiras no período e lidera com folga o ranking no Nordeste com 59% de participação da região.

 

Fonte: Seagri BA

http://aiba.org.br/noticias/exportacoes-agropecuarias-registram-crescimento-de-545-na-bahia