Segundo dia da 8ª Conferência Municipal de Saúde de Barreiras discute propostas para a elaboração do Plano Municipal de Saúde

Segundo dia da 8ª Conferência Municipal de Saúde de Barreiras discute propostas para a elaboração do Plano Municipal de Saúde

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, deu início na manhã desta terça-feira (26), ao segundo dia de realização da 8° Conferência Municipal de Saúde com a discussão dos eixos temáticos, que esse ano foram divididos em quatro. O eixo I destacou a Gestão do SUS e Participação Social, o eixo II traz a temática Vigilância em Saúde, o eixo III discute o SUS: da Atenção Primária à Média e Alta Complexidade e já o eixo IV, vem com a discussão sobre a Assistência Farmacêutica. De forma inédita, e por conta das medidas sanitárias contra a covid-19, quem não pôde comparecer presencialmente, teve a oportunidade de acompanhar através das plataformas digitais oficiais da Prefeitura de Barreiras, simultaneamente. Para cada sala, com seu respectivo eixo temático, um link estava disponível para acompanhamento, ao vivo, e todos puderam participar dos debates e discussões.

Essa programação dentro da 8° Conferência Municipal de Saúde tem a finalidade de avaliar a situação da saúde pública da população barreirense e faz parte da formulação das diretrizes para auxiliar na elaboração do Plano Municipal de Saúde pelos próximos quatro anos, de 2022 a 2025. É um documento que sistematiza o conjunto de proposições políticas do governo para a saúde do município.

Em sua fala, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilvan Ferreira, ressaltou o trabalho da gestão na organização da Conferência. “Devido à pandemia, a gestão teve a preocupação em estruturar a realização das Pré-Conferências e da 8° Conferência de forma que atendesse todas as medidas sanitárias. A definição de sucesso desse evento foi garantida por meio das apresentações das propostas no dia de hoje. E é importante reafirmar que a peça fundamental, e mais importante, são as pessoas que participaram e estiveram conosco nesses vários momentos”, ressaltou Gilvan.

Após as discussões dos eixos temáticos, no início da tarde, foi iniciado a apreciação e votação das 128 propostas elencadas. A estudante de Enfermagem, Ana Paula de Oliveira, participante da conferência relatou que esse é um momento fundamental para que as pessoas usuárias do SUS possa estar sugerindo e conhecendo o sistema, e que ela como cidadã, está na busca de melhorias na oferta dos serviços e participando ativamente dos debates sobre qual a melhor forma de aplicar essas propostas para o bem comum da população barreirense.

O secretário de Saúde Melchisedec Neves destacou a importância desse momento e a oportunidade de a população contribuir na elaboração do Plano Municipal de Saúde. “Chegamos ao ponto alto da nossa conferência. Estivemos durante dois dias, nas Pré-Conferências, em pontos estratégicos da cidade ouvindo a população, colhendo sugestões e propostas. Esse momento é a oportunidade que a população tem de participar, dessa vez, da sua forma direta ou através das entidades de classe buscando esse objetivo comum que é o funcionamento pleno do nosso Sistema Único de Saúde e depende as ideias de quem vive a realidade do SUS, por dentro e por fora no sentido de aprimorar a cada dia mais às atividades”, disse.

Estiveram presentes o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilvan Ferreira; secretário de Saúde, Melchisedec Neves; subsecretária, Jamile Rodrigues; os palestrantes dos eixos I, II, III e IV, Bruno Klécius, Edelza Marchewicz, Maria Lidiany Tributino e Larissa Barbosa, respectivamente, e ainda o vereador Dr° Sileno Cerqueira.

 Dircom/PMB 26.10.2021

Últimas Notícias: