Projeto ‘Cirandando Brasil –“ Capacitação de Multiplicadores” chega em Barreiras

No mês de agosto, a cidade de Barreiras recebe a idealizadora e pesquisadora Nairzinha e sua equipe, que realizam a edição do projeto ‘Cirandando Brasil – Capacitação de Multiplicadores”.

 

A Secretaria Municipal de Educação tem como meta capacitar cerca de 150 professores da rede pública, professores de creches, monitores das instituições de amparo às crianças e contadores de estórias, que poderão participar do projeto que acontece nos dias 5 e 6 de agosto na sala de vídeo  da Universidade do Estado da Bahia- UNEB.

 

A capacitação tem carga horária de 16 horas, sendo 8 horas de conteúdos sobre a história da cultura da brincadeira e sua aplicabilidade na escola e 8 horas de oficinas. Cada oficina tem duração de duas horas e é aplicada de forma lúdica para ampliar o repertório de conhecimento do educador sobre a cultura da brincadeira e, conseqüentemente, dar subsídios para a elaboração de estratégias didáticas diferenciadas. São oficinas de música, literatura (com artes cênicas), brincadeiras e danças.

O projeto visa capacitar multiplicadores afim de garantir aos educadores a aquisição de conhecimento através do acervo da cultura brasileira, resgatando o apreço das brincadeiras e cantigas populares. “Através da vivência das brincadeiras do folclore infantil, os multiplicadores são preparados para contar a história da brincadeira, as influências étnicas formadoras da identidade cultural brasileira, e a reflexão da brincadeira como conteúdo transversal, nos primeiros anos do ensino fundamental”, explica a coordenadora Nairzinha.

“Acreditamos que com as crianças imersas na arte, na música e na cultura, em atividades que utilizam o conhecimento historicamente produzido pela sociedade humana, se fornece elementos que possibilitam novas formas de se inserir na sociedade; de realizar uma leitura crítica do mundo; e de construção de posturas, como cooperação e respeito à humanidade e ao planeta”, disse a coordenadora municipal de educação Marcia Rasia.

 

Os educadores têm acesso a um acervo de 2.000 peças do folclore brasileiro incluindo: brincadeiras, histórias, cantigas, parlendas e adivinhações. Até o momento, cerca de 25 mil professores foram capacitados, e o projeto conta com o patrocínio da Petrobrás.

Fonte: http://barreiras.ba.gov.br/noticias/projeto-cirandando-brasil-capacitacao-de-multiplicadores-chega-em-barreiras/