Projeto restringe venda de cigarros a tabacarias

Comissão do Senado aprova projeto que restringe venda de cigarros a tabacarias

O projeto que prevê a proibição da venda de produtos de tabaco em postos de combustíveis, lanchonetes, lojas de conveniência e bancas de jornal avançou nesta quarta-feira (11) no Senado.

O assunto tem, de um lado, a pressão da indústria, que questiona a medida e os impactos econômicos da restrição, inclusive sobre a arrecadação do governo, e, de outro, um grupo de parlamentares que alertam para os riscos do produto para a saúde.

Foto reprodução facebook

Momentos antes da aprovação do texto na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Casa, o autor da proposta, o senador Paulo Davim (PV-RN), argumentou que a decisão “reflete o interesse da saúde pública”.

“O mundo inteiro vê que quanto mais obstáculo forem criados entre o usuário e o produto, menor será a adesão e o surgimento de usuários de cigarro”, sugeriu.

De acordo com o parlamentar, mais de 100 mil pessoas morrem anualmente no país por doenças relacionadas ao fumo.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/143492-comissao-do-senado-aprova-projeto-que-restringe-venda-de-cigarros-a-tabacarias.html