Secretário nacional de Irrigação destaca trabalho do DNOCS nos perímetros irrigados

O secretário nacional de Irrigação do Ministério da Integração Nacional, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, visitou na semana passada no Ceará os perímetros irrigados Tabuleiros de Russas e Baixo Acaraú. Em companhia do diretor geral do DNOCS, Emerson Fernandes Daniel Júnior, e dos diretores Glauco Mendes, de Infraestrutura Hídrica, e Laucimar Loiola, de Produção e Desenvolvimento Tecnológico, ele conheceu as obras de implantação da segunda etapa dos dois projetos de irrigação.

 

O mais avançado é o Tabuleiros de Russas, que já executou 95% das obras que vão acrescentar 3.100 hectares aos 10.765 hectares implantados na primeira etapa. No perímetro, o secretário e os diretores discutiram a obra com os técnicos da empresa responsável pela execução e com o gerente do Distrito de irrigação, Roberto Cadengue. O secretário veio com o diretor do Departamento de Irrigação Pública, Pedro Carvalho Silva, e o assessor Marcus Rocha. Também acompanharam a visita os coordenadores de Projetos do DNOCS Berlan Cabral e Felipe Cordeiro, de Obras.

 

A entrega da segunda etapa do projeto Tabuleiros de Russas está na agenda de obras a serem inauguradas pela presidente Dilma Rousseff. O secretário Miguel Ivan Lacerda de Oliveira percorreu cerca de 100 Km dos 274 Km de estradas do perímetro irrigado que conta com 250 Km de canais e de 11 milhões de metros cúbicos de água na barragem Curral Velho, e visitou uma das três packing houses, a unidade destinada à embalagem de melancias.

 

Os 5% que faltam para concluir o projeto na segunda etapa na data prevista de 31 de outubro estão concentrados principalmente na ponte canal de 210 metros e alguns trechos de canal secundário. Um dos temas tratados pelo secretário com a equipe do DNOCS foi a inclusão do perímetro no programa Mais Irrigação para modernizar o sistema de irrigação por meio de automação e uma possível ampliação em área de aproximadamente 800 hectares adjacente aos canais.

 

No perímetro irrigado Baixo Acaraú, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira conheceu a Estação de Bombeamento na Barragem Santa Rosa, a sala de automação e a central de energia elétrica. A infraestrutura precisa de investimento para modernização que será objeto de projeto para obtenção de recursos no programa Mais Irrigação. O secretário com os diretores do DNOCS visitaram o lote de 16 hectares de um produtor de banana e uma agroindústria de coco.

 

“Estamos aqui para somar com o Ministério da Integração Nacional e com os produtores do Distrito de Irrigação, para fazer o que for necessário, com mais agilidade”, afirmou Emerson Daniel. O Diretor Geral destacou o espírito de equipe do DNOCS e a atitude de “vestir a camisa e abotoar”, que lembrou ser uma recomendação da sua mãe. “Me apaixono pelo que faço e tenho paixão por esta obra”, disse ele.

 

Miguel Ivan Lacerda de Oliveira observou que a obra de um perímetro irrigado é realizada em função do produtor, e agradeceu ao DNOCS e à empresa pela execução. O secretário reconheceu o esforço da atual diretoria do DNOCS na moralidade das ações, na transformação desta região do país e a sua história de realizações no semiárido.

 

“Esta é uma diretoria arrojada com vontade de transformar e a perspectiva de levar o desenvolvimento para o semiárido”, afirmou Miguel de Oliveira. Ele disse ainda que nas reuniões no Ministério da Integração Nacional tem elogiado o DNOCS. Conforme o diretor de Infraestrutura Hídrica, “nota-se grande mudança no perfil de todos funcionários do DNOCS com uma nova visão do projeto”.

Fonte: http://www.dnocs.gov.br/php/comunicacao/noticias.php?f_registro=3084&f_opcao=imprimir&p_view=short&f_header=1&