Sindsemb pede esclarecimentos à Secretaria de Educação

O Sindsemb representado pela sua presidente, Carmélia da Mata, esteve em audiência com o secretário de educação, Cosme Wilson, na última segunda feira, dois de setembro. Tendo como pauta principal  as remoções dos servidores concursados lotados na Secretaria de Educação,  a falta de critérios adotados pela gestão no que tange a vida profissional dos servidores e professores que ao longo dos últimos oito anos foram qualificados para ocuparem determinadas funções.vale ressaltar  que houve durante estes oito anos investimentos financeiros das gestões anteriores para ter profissionais qualificados e capazes de desenvolver as suas ações de acordo com a sua qualificação por área. No entanto, o que prevaleceu foi a falta de respeito para com estes profissionais que investiram e se debruçaram em estudar, elaborar projetos para melhorar a qualidade de vida dos alunos da rede municipal de ensino, bem como a equipe gestora deste município.

 

Segundo o Secretário de Educação professor Cosme Wilson as determinações foram elaboradas e executadas por uma comissão composta por outros secretários  e técnicos da Prefeitura Municipal, o mesmo afirmou que não tinha nada a fazer.

A Sindicalista questionou ao secretário a falta de autonomia do mesmo, e foi mais longe dizendo que a falta de respeito para com ele é abusiva e desrespeitosa. O secretário não podia perder de vista a sua história de luta, autonomia que a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) lhe conferiu enquanto esteve gestor da conceituada instituição. Carmélia pede ao secretário que utilize sua caneta e não deixe que os outros colegas de pasta decidam por ele.

Não satisfeita com a resposta do ilustre secretário Professor Cosme Wilson, Carmélia da Mata procurou os vereadores que compõem a comissão de saúde e educação para denunciar os atos abusivos da gestão atual e os desmandos ocorridos nestes últimos oito meses de governo, especialmente no que tange os direitos aos servidores.

A comissão é composta pelos Vereadores Drª Graça, Karlúcia Macêdo e Isabel Rosa, tendo a participação da professora Marileide Carvalho. A comissão ouviu atentamente as denúncias proferidas pela presidente do sindicato e se comprometeu a marcar uma audiência com o secretário de educação professor Cosme Wilson e a secretária de saúde Regina Figueiredo para posteriormente dar uma resposta aos servidores.

O mesmo pedido de esclarecimentos foi enviado ao gabinete do prefeito e até a presente data não tivemos nenhuma resposta. A atitude demonstra o descaso com os servidores e a falta de respeito para com a entidade que os representa.

Fonte: http://sindsemb.blogspot.com.br/2013/09/sindsemb-pede-esclarecimentos.html