SINDSEMB PROPÕE MESA DE NEGOCIAÇÕES COM GOVERNO MUNICIPAL

A presidente do Sindsemb Carmélia da Mata, juntamente com uma comissão de servidores entregou na manhã desta segunda feira, 16 de setembro de 2013, a pauta de reivindicações da categoria para o governo municipal. Vale lembrar que a solicitação da abertura da mesa de negociações foi uma iniciativa do Sindsemb.

O sindicato junto com sua comissão foi recebido pelo Chefe de Gabinete, Dourivaldo Aquino, que ouviu as reivindicações da categoria. A presidente do Sindsemb, Carmélia da Mata, enfatizou durante o processo do diálogo a importância da comunicação entre a gestão municipal e o sindicato que representa mais de 1500 servidores, e lembrou ainda que o respeito deve ser uma via de mão dupla.

O Sindsemb e sua comissão representativa solicitaram ainda a presença na mesa de negociação dos secretários de Administração e Finanças, como também do Prefeito Municipal, Antônio Henrique.

Os servidores aguardam de forma esperançosa uma postura do “Governo do Trabalho”. Queremos que o executivo municipal entenda que os servidores não suportam mais conviver neste clima de instabilidade e de guerra psicológica. A todo o momento uma informação imprecisa abala o emocional dos trabalhadores, afetando seu rendimento no trabalho. Um destes exemplos é o factóide criado a respeito do concurso de 2008, onde o contador da prefeitura afirmou que não iria pagar os proventos referente aos mês de setembro dos concursados de 2008. Hoje em reunião o  Chefe de Gabinete tranqüilizou a categoria e afirmou categoricamente que nenhum servidor terá prejuízos financeiros.

“Exigimos respeito da gestão municipal para com os servidores de carreira, alguns ocupantes de cargo de confiança tentam desqualificar os servidores chamando os de preguiçosos, ameaçando e amedrontando aqueles que respondem com sua força de trabalho de forma responsável sem medir esforços para atender os munícipes da cidade de Barreiras. Lembramos que estes servidores, ocupam seus postos de trabalho após ser aprovados em um processo público de seleção, diferente de muitos que chegam a prefeitura entrando pela janela ou por acordos políticos que só visam benefícios pessoais” afirma a presidente do Sindsemb.

A categoria se reúne amanhã, 17 de setembro, ás 8h, na sede do Sindsemb, em assembléia para deliberar sobre os próximos passos do movimento grevista.

http://sindsemb.blogspot.com.br/