• Entidades dos produtores baianos e SLC Agrícola doam mudas de árvores nativas do cerrado para estudantes de Barreiras.

    Com o objetivo de fomentar a conservação do meio ambiente, a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e SLC Agrícola Escola Espaço Criativo distribuíram, nesta segunda-feira (23), 300 mudas de árvores nativas do cerrado, para serem os estudantes do ensino infantil da Escola Espaço Criativo, em Barreiras. As instituições integraram ao projeto “Plante uma Árvore’, da Escola Espaço Criativo, que abrange o acompanhando, passo a passo, do crescimento da muda doada, além de difundir valores e práticas sustentáveis entre os estudantes.

  • Bahia Farm Show 2018, a feira da inovação, será lançada nesta quinta-feira (26).

    Uma coletiva de imprensa marcará oficialmente o lançamento, em meio a um clima de otimismo entre os organizadores, pela expectativa de uma boa safra.

  • Programa Jovem Aprendiz na Área Rural realiza formação técnico-profissional em Barreiras.

    O sonho da profissionalização ficou mais próximo para os 47 jovens que iniciaram, nesta terça-feira, 17, o curso de supervisão agrícola, oferecido pelo Programa Jovem Aprendiz Rural – uma iniciativa do Instituto Aiba em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB) e com o Sistema Senar/Faeb, para capacitação de mão-de-obra especializada na região.

  • Barreiras: parceria entre Prefeitura, Instituto Aiba e Fundesis viabiliza nova sede da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Retiro e São Vicente.

    Na manhã desta sexta-feira, 13, a Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Retiro e São Vicente, recebeu a nova sede administrativa, o espaço onde antes funcionou a Escola Municipal Santa Terezinha (desativada em 2013), foi disponibilizado a associação pela Prefeitura de Barreiras, através de Termo de Cessão de Uso e reformada com recursos do Fundo para o Desenvolvido Integrado e Sustentável da Bahia – Fundesis, através do edital 01/2017.

    A cerimônia que aconteceu ao ar livre contou com a participação da secretária municipal de educação, cultura, esporte e lazer, Cátia Alencar e do secretário municipal de meio ambiente e turismo, Demosthenes Júnior, que representaram o Executivo, do superintendente do instituto Aiba, Helmuth Kieckhofer, da diretora de meio ambiente da Aiba, Alessandra Chaves, da coordenadora do Fundesis, Makena Thomé, do presidente da associação, Joacir Texeira, do coordenador regional do Inema, Saul Reis, dos vereadores Otoniel Teixeira e Silma Alves, dos moradores da comunidade local e estudantes da Escola Municipal Antônio Machado.

    Na oportunidade foram entregues também equipamentos adquiridos através da parceria do Instituto da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia – Aiba, Fundação Solidariedad e The Sustainable Trade Initiative-IDH. Conforme a coordenadora do Fundo, a parceria com o município juntamente com a Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Retiro e São Vicente irá contribuir no desenvolvimento da localidade.

    “Disponibilizamos através do edital 01/2017, 10 mil reais para a reforma desse prédio cedido pela Prefeitura de Barreiras para a Associação e através da parceria do Instituto Aiba e Solidariedad IDH, foram doados também equipamentos, como cadeiras, microfones, caixa de som, máquina fotográficas para a Associação ter um melhor suporte e poder investir por exemplo, em cursos profissionalizantes para fortalecer a agricultura familiar”, disse a coordenadora do Fundesis, Makena Thomé.

    Muito emocionado com essa nova sede, o presidente da associação iniciou a cerimônia relatando a felicidade desse momento. “Hoje é um dia de alegria para todos dessa comunidade, estamos realizando um sonho que há anos lutamos. Agradecemos a administração da nossa cidade e desejamos que esse espaço seja usado por todos com um único objetivo de contribuir com a nossa associação”, frisou Joacir Teixeira.

    Com o ambiente repleto de crianças e jovens, o superintendente do instituto AIBA reforçou que o novo espaço proporcionará mais conhecimento e aprendizado para todos, seja para o atual agricultor, seja para os futuros agricultores da região.

    “A educação está aqui mais perto de vocês do que há alguns anos atrás, a exemplo das reformas que estão sendo realizadas nas escolas da zona rural, esse espaço representa uma conquista dos pequenos produtores rurais dessa comunidade, essa união alcança vários objetivos e projetos. Todas essas comunidades, como Val do Teiú, Retiro e São Vicente são nossos futuros, e essa alegria que temos quando vimos aqui existe uma força de trabalho por trás disso, e o exemplo é que quando se une as forças do produtor rural, da sociedade civil organizada com o poder público pensando num propósito, podemos fazer muitas coisas com tão pouco, estamos no caminho certo e priorizar a educação é fundamental”, disse Helmuth Kieckhofer.

    O secretário de meio ambiente, Demósthenes Júnior, destacou o empenho da atual Administração Municipal em cuidar das pessoas no campo e na cidade. “A Prefeitura está realizando um importante trabalho de apoio ao agricultor familiar através do Programa Vale Produtivo que já beneficiou mais de 500 famílias, e aqui na bacia do Rio de Janeiro depois de 20 anos vamos estar implantando em parceria com o Instituto Aiba e o Inema o tão esperado Plano de Manejo dessa bacia, aliando os cuidados com o meio ambiente ao fortalecimento da produção”, disse. 

    De acordo com Cátia Alencar, a Associação hoje tem condições de se articular de forma mais eficaz no cenário local, bem como de ampliar o processo participativo de seus associados. Promover essa perspectiva no crescimento econômico e social da comunidade também é um dos objetivos da administração municipal.

    “Eu não tenho dúvida de que essa comunidade já é referência para as outras, a parceria com a Prefeitura de Barreiras começa não só pela disponibilidade do espaço, como também estamos abertos para multiplicar esses exemplos, fazendo com que a Associação do Retiro e São Vicente seja referência para outras comunidades. Ao trazer uma saudação do prefeito Zito Barbosa, reafirmamos seu compromisso de construir uma grande escola para atender estas comunidades, que irá beneficiar a todas as crianças dessa região. Enaltecemos a força da parceria e união com a Aiba, Fundesis, Inema, Associações dos Produtores e o apoio da Câmara de Vereadores”, destacou a secretária de educação, Cátia Alencar. Fonte: barreiras.ba.gov.br

  • Esta é a primeira nascente do Programa de Recuperação firmado entre a Prefeitura de Barreiras e as associações Aiba e Abapa.

    Na última quarta-feira (4), na localidade de Alto da Boa Vista, zona rural de Barreiras, foi protegida a nascente que beneficia diretamente 20 famílias que dependem dessas águas para as atividades básicas e para a irrigação das lavouras. A recuperação da nascente marcou o fim de um curso sobre o tema realizado em parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), para capacitar técnicos, sociedade civil e entidades representativas da área.

  • MIQUEI realiza formatura de turmas do Curso Básico de Libras. Prefeitura de Barreiras e UNEB são parceiros da instituição.

    A noite dessa segunda-feira, 04, foi de muita emoção para os 68 formandos do Curso Básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais), promovido pelo Movimento de Inclusão pela Qualificação do Especial Independente – MIQUEI em parceria com a Universidade do Estado da Bahia – UNEB e Prefeitura de Barreiras.

  • O secretário de Meio Ambiente de Barreiras, Ailton José da Silva, participou no último dia 30 de janeiro, no auditório da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), da primeira reunião para a implementação do Plano de Manejo e a formação do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) Bacia do Rio de Janeiro.

  • Um encontro entre jovens estudantes e produtores rurais vai marcar o início do Programa Jovem Aprendiz na Propriedade Rural. No dia 13 de novembro, às 8 horas, será realizada, no Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande (CETEP BRG) a aula inaugural do projeto que formará jovens para atuarem na área de grãos. Na ocasião, será apresentada a carga horária das aulas e a estrutura do curso. O Programa Jovem Aprendiz na Propriedade Rural foi desenvolvido pela Aiba e conta com o apoio da Faeb, Senar, Cetep, Codevasf Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho e Emprego.

     

    Durante seis meses, cerca de 60 jovens com idades acima de 18 anos, serão capacitados para trabalhar com as culturas de milho e soja. Para isso, terão aulas teóricas no Cetep e aulas práticas em uma Fazenda Modelo, localizada no Projeto da Codevasf, Barreiras Norte. No total, serão 800 horas aulas sobre Matemática Aplicada, Saúde do Trabalhador Rural, Importância das Culturas do Milho e da Soja, Preparo do Solo, Manejo da Cultura, Manejo Fitossanitário e Irrigação, dentre outras.

     

    No final do curso, em setembro de 2014, os jovens receberão um certificado de formação emitido pelo Senar, dentro das determinações do Código Brasileiro de Ocupações. A próxima turma deverá ser iniciada em fevereiro.

     

    O Programa – para atender a Lei 10.097/2000 que determina que toda empresa, seja ela indústria ou propriedade rural, precisa ter uma cota de jovens aprendizes, a Aiba desenvolveu o Programa Jovem Aprendiz na Propriedade Rural e buscou parceiros. Os produtores rurais vão contribuir com maquinário, insumos e com a construção de benfeitorias; a Faeb cedeu instrutores do Senar para ministrarem as aulas, além de oferecer todo o material didático que será utilizado no curso. O Cetep ofereceu suas instalações para a realização das aulas práticas e a Codevasf disponibilizou 07 hectares para a implantação da estrutura de uma Fazenda Modelo, onde serão ministradas as aulas práticas. Todo o trabalho, desde a elaboração do Programa até sua execução, tem o acompanhamento do Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho e Emprego.

     

    Segundo o diretor de Responsabilidade Social e Extensão da Aiba e articulador do Programa, Helmuth Kieckhöfer, todos os jovens selecionados são alunos do curso técnico de Agropecuária do Cetep que vão, de maneira paralela, fazer a capacitação no cultivo de grãos.

     

    “A proposta da formação do jovem aprendiz na Fazenda Modelo é inovadora. É um curso profissionalizante que permite a formação prática num ambiente controlado onde todas as tarefas são monitoradas e previstas conforme grade curricular”, disse Helmuth.

     

    Ascom Aiba