• Secretaria de Assistência Social realiza mobilizações contra Abuso e Exploração Sexual Infantojuvenil em Barreiras.

    O Dia D será nessa sexta-feira,18.

    O Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra crianças e adolescentes será na próxima sexta-feira, 18, e desde o início de maio, a Secretaria de Assistência Social e Trabalho, através das equipes dos Centros de Referências de Assistência Social – CRAS I, II, III, IV e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, está desenvolvendo palestras nas escolas municipais, creches, unidades de saúde, postos de gasolina, área de hotelaria e em outros ambientes movimentados da cidade, com o objetivo de orientar sobre todas as formas de abusos e violação de direitos de crianças, adolescentes, mulheres e idosos.

    O alerta dessa manhã de terça-feira, 15, foi para crianças e adolescentes da Escola Municipal Carmosa Francisca da Silva, que atentamente ouviram a palestra ministrada pela equipe do CREAS, composta de psicóloga, assistente social, advogado e cuidadoras sociais. A psicóloga Mara Araújo explanou as várias formas de abuso, em quais os momentos devem ficar em alerta e o procedimento para denunciar, somente no CREAS desde 2017, foram registrados 23 casos de abuso.

    “Vamos durante todo esse mês de maio trabalhar a prevenção contra o abuso e a exploração sexual em crianças e adolescentes, esse assunto é de extrema importância e vale o alerta sempre, sabemos que há casos omissos e é importante fazer a denúncia através do disque 100”, disse.

    A Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho realizará o Dia D, 18 de maio, na Praça Castro Alves com várias atividades lúdicas, com a proposta de mobilizar, sensibilizar e informar toda a sociedade da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, através do Projeto Faça Bonito. Será um dia de programação especial, com roda de conversas, apresentação musical, jogos, e contação de histórias, a partir das 9h.

    “Estamos mobilizando toda a sociedade em diversos ambientes sociais através das atividades desenvolvidas pelas equipes do CREAS e CRAS de Barreiras, o Projeto Faça Bonito acontecerá em todo o Brasil nessa sexta-feira, porque é necessário garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual”, disse a secretária de assistência social e trabalho, Karlúcia Macêdo. Fonte: barreiras.ba.gov.br

  • A partir de agora as equipes da Secretaria de Assistência Social e a população de São Desidério contarão com o Sistema Municipal de Vigilância Socioassistencial (SIMVIS) implantado pelo poder público para criar uma rede de informações entre os equipamentos e serviços da política de assistência social, facilitando a troca de dados, agilizando os atendimentos e promovendo o monitoramento dos trabalhos.

  • Com objetivo de agilizar a atualização cadastral das famílias beneficiárias do Bolsa Família em Barreiras, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho realizará o mutirão de atualização de dados das pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do Governo Federal. Os mutirões acontecerão nas sedes dos CRAS dos bairros Vila Brasil, Santa Luzia e Morada da Lua.

  •  

    A Prefeitura Municipal de Barreiras, através da Secretaria do Trabalho e Promoção Social – SEMTRAPS realiza um trabalho especializado para atender as famílias barreirenses, esse trabalho é desenvolvido com o intuito de garantir aos cidadãos melhores condições de vida, com os direitos assegurados, por meio do desenvolvimento de potencialidades e do fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários. Para esse fim existem na cidade quatro unidades dos Centros de Referências de Assistência Social – CRAS, instalados nos bairros Santa Luzia, Morada da Lua, Vila dos Funcionários e Vila Brasil.

     

    Os Centros de Referências atuam como porta de entrada para as famílias em vulnerabilidade social e tem como papel fundamental oferecer cursos de qualificação profissional, de convivência e integração social entre as famílias.

     

    De acordo com a assistente social do CRAS da Santa Luzia, Etelvina Sampaio, o CRAS é a porta de entrada para as famílias em risco social, onde são oferecidos cursos para as famílias se capacitarem e assim conseguirem um trabalho digno. Os serviços mais solicitados são o Bolsa Família, as palestras para integração social e os cursos de geração de renda como: cabelereiro, manicure, depilação, crochê e biscuit.

     

    Além do Bolsa Família, palestras e cursos são oferecidos também as famílias os serviços de triagem e encaminhamento das pessoas com alguma doença para os centros de saúde especializados, o encaminhamento para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC com o objetivo principal de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica - EPT. Em Barreiras o PRONATEC oferece cursos de requalificação profissional como: pedreiro, serviços gerais, eletricista, entre outros.

     

    O Centro de Referência de Assistência Social do município também conta com uma equipe volante que realiza visitas e atendimento à zona rural, os atendimentos são feitos a partir do levantamento das necessidades que as comunidades possuem depois de diagnosticado o CRAS leva os cursos específicos para cada localidade.

     

     

     

    “O CRAS se desenvolveu bastante na gestão atual, desde 2009 várias atividades foram incluídas nas casas, o número de cadastros aumentou significativamente. Temos uma equipe bastante capacitada como psicólogas, assistente social, mobilizadora social, técnico do Bolsa Família, auxiliar administrativo, serviços gerais, todos empenhados em atender as necessidades das famílias cadastradas”, disse a coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social do Bairro Santa Luzia, Aglaura Ceres.

     

     

    Maiores informações:

    CRAS 1: Santa Luzia, Rua Coelho Neto, 28.

    CRAS 2: Morada da Lua, Rua Herculano Farias, 596.

    CRAS 3: Vila dos Funcionários, Rua B, 76.

    CRAS 4: Conjunto Habitacional Rio Grande, Rua Coleirinha, 01.

     

    FONTE: Site da prefeitura