• Praça 24 horas receberá atenção especial na área da segurança pública e promoção social, em Barreiras.

    Atendendo a uma demanda dos comerciantes e moradores do Centro Histórico, as secretarias municipais de Segurança Cidadã, Assistência Social, Policias Civil e Militar, Guarda Municipal, Juizado de Menores, comissão A Praça é Nossa e o vereador João Felipe, se reuniram na manhã desta segunda-feira, 26, para planejar uma ação integrada em favor da segurança pública na Praça de Alimentação 24 horas e do atendimento aos indivíduos em situação de vulnerabilidade.

    Ficou definido que uma grande ação será realizada na área da praça e entorno com o objetivo de identificar o perfil dos moradores de rua, promover o encaminhamento aos serviços do Centro Pop, oferecer apoio psicossocial e encaminhamento à cidade de origem ou abrigos municipais, caso haja interesse por parte dos indivíduos.

    “Nosso objetivo é promover a segurança na área da Praça, dando o amparo social e coibindo a prática de delitos. Após a atividade, faremos uma nova reunião com o levantamento dos resultados, avaliaremos os pontos positivos e negativos para definir a continuidade dos trabalhos”, disse o secretário de segurança cidadã e trânsito Luiz Vidal.

    Outro ponto importante levantados pelos gestores é a necessidade dos registros de ocorrência por parte dos comerciantes, moradores e frequentadores do Centro Histórico.

    “Muitas vezes, as pessoas são vitimadas pela violência, mas não fazem o boletim de ocorrência. Isso inviabiliza o trabalho da polícia e dos agentes públicos. É essencial que todos que foram lesados, mesmo que por delitos menores registrem oficialmente o ocorrido”, disse a advogada Karol Cruz.

    Fonte: barreiras.ba.gov.br