Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Acontece nos próximos dias 23 e 24 de julho, no Palácio das Artes, a Feira do Livro Espírita. A realização da feira está a cargo da União Espírita de Barreiras (Conselho Regional -20) e contará com o apoio da Federação Espírita do Estado da Bahia.

A abertura acontecerá na sexta, 23, às 14h. Durante toda a tarde e início de noite dos dias 23 e 24, os interessados terão à disposição Sarau Espírita, mini-seminários, mostras de pinturas mediúnicas, palestras e momentos musicais. Os participantes poderão, além de adquirir livros mediúnicos, tirar toda e qualquer dúvida sobre o espiritismo.

Outras informações da Feira do Livro Espírita entrar em contato com Glauton Pinheiro (77) 8101-5088, Minervina Cunha (77) 8111-7301 e Jenni Castro (77) 8101-6821.

Por Eduardo Lena

 

Integrantes do Condema, Sematur, Ingá, Ima e Ong’s ambientalistas se reuniram na tarde ontem, 12, no auditório da Casa de Recursos Ambientais, com o representante do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para definir área e dar sugestões para a construção de um Parque Fluvial às margens do rio Grande.

 

Rômulo Bonelli, arquiteto e urbanista, consultor contratado pelo MMA, disse que em um primeiro momento foram selecionadas três áreas em Barreiras com potencial para receber o Parque Fluvial. A partir destas áreas, o Ministério de Meio Ambiente encaminhou um novo consultor para fazer um detalhamento aprofundado de cada local para ver qual apresentava melhor aptidão. As áreas pré-selecionadas foram às regiões do Balneário dos Três Bocas, da Prainha e da Ferradura do rio Grande, também conhecida como baixada do Ney Marmore.

 

Por ser uma área central, com topografia favorável, pouco degradada, não apresentar edificações e nem possuir problemas fundiários, os integrantes da reunião decidiram pela área da Ferradura.

 

Segundo o representante do MMA, o Parque Fluvial é destinado às atividades de cultura, lazer, esporte, turismo e educação ambiental, contendo pistas de caminhadas e ciclovias, com policiamento ostensivo. Toda e qualquer edificação no local terá como foco a educação ambiental. “Poderá ser construído um anfiteatro de arena e um auditório para que alunos das redes pública e privada tenham aulas que despertem nos jovens a necessidade da preservação do meio ambiente. “Além disso, será feita a recuperação total da área com reflorestamento utilizando espécies nativas e endêmicas do vale”, disse Rômulo.

 

Os municípios que serão contemplados nesta fase piloto são: Pirapora (MG), Bom Jesus da Lapa (BA), Barreiras (BA), Xique-Xique (BA), Piranhas (AL), Propriá (SE), Januária (MG), Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Penedo (AL), sendo que Barreiras é a única cidade que não faz parte direta da calha do rio São Francisco.

 

Os 10 municípios foram definidos com base no Plano de Ações Estratégicas e Integradas para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável na Bacia do rio São Francisco. A importância turística, a ocorrência de problemas ambientais e a facilidade para a implementação de projetos foram consideradas na escolha dos municípios. Outro fator decisivo foi o Índice de Desenvolvimento Urbano das cidades, que estão abaixo da média nacional.

 

Em outro momento será decidido a gestão e a operacionalização do Parque Fluvial.

 

Fonte: Jornal Nova Fronteira

A Prefeitura Municipal de Barreiras (BA) incentiva a implantação de novos projetos de avicultura para os pequenos agricultores. “Avicultura de corte está dando um grande salto na região, o incentivo e estímulo oferecido pela Prefeitura Municipal e seus parceiros contribuem para os pequenos agricultores desenvolverem um bom trabalho e com isso adquirirem um bom retorno financeiro”, comentou coordenador da Secretaria Municipal de Agronegócio Reginaldo Mello.

 

Em 2009, foi criado o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento Econômico entre Prefeitura, Banco do Nordeste e Frango de Ouro. Este ano a parceria tem sua consolidação com a implantação de novos projetos consorciados para a avicultura.

 

Fonte: http://www.aviculturaindustrial.com.br/PortalGessulli/WebSite/Noticias/frango-na-bahia,20100713133956_P_028,20081118093812_F_643.aspx

Professores do campo de Barreiras e São Desidério estão sendo treinados, de 13 a 15 de julho, em educação ambiental pelo Programa Despertar, uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, e Federação do Estado da Bahia (FAEB). Estão sendo treinados 46 professores do campo em Barreiras, e 122 em São Desidério, que devem inserir temas como biodiversidade, resíduos sólidos, água, clima e solo, no planejamento pedagógico. O projeto tem a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Barreiras e São Desidério.

 

O Instituto Bioeste integra a programação do Programa Despertar em Barreiras, no Instituto Federal da Bahia (antigo Cefet-Barreiras), ao apresentar a mostra fotográfica “Riquezas e Ameaças”, composta de aproximadamente 20 fotografias, divididas em seis eixos temáticos: culturas e povos do cerrado, fauna, flora, potencial turístico, ameaças, além do próprio Cerrado. As obras, de autoria dos fotógrafos João Zinclar, Benito Mera, Cristiano Nogueira, Haroldo Castro e Theo Allofs, têm o objetivo de sensibilizar e aproximar as pessoas do Cerrado por meio das imagens.

 

Segundo a coordenadora do núcleo da região oeste da Bahia do Programa Despertar, Liliane Queiroz, as temáticas devem ser inseridas de acordo com as necessidades das próprias comunidades. “Se a população tem problemas com a coleta de lixo, o tema deve ser inserido nas aulas para os alunos da comunidade”, exemplifica. O Programa Despertar tem o objetivo principal de promover a educação voltada para a formação da consciência ecológica a fim de alavancar mudanças comportamentais relacionadas à saúde, à cidadania, à ética, e ao trabalho e consumo. O programa foi implantado em 2005, e já passou até o ano passado em 69 municípios.

 

Mostra Fotográfica “Riquezas e Ameaças” - Programa Despertar

Data: de 13 a 15 de julho

Horário: das 8h às 11h – das 14h às 18h00

Local: Barreiras – IFBA – antigo Cefet-Barreiras

Informações: (77) 3611 7173

 

Fonte: http://bioeste.blogspot.com/2010/07/programa-despertar-capacita-professores.html

Cacau do Oeste: A nova fonte de renda da região

 

Uma novidade quase impossível de se imaginar surge na região, é o cultivo do cacau no Oeste. Uma plantação feita no sitio Jacarandá, Barreiras Norte, pelo pequeno produtor, Antonio Veloso, participante do projeto de fortalecimento da Agricultura Familiar, desenvolvido pela prefeitura de Barreiras, surge como destaque na 28ª EXPOBARREIRAS.

O cacau plantado no vale, desde 2002, pela família Veloso, esta sendo lançado com a marca “Cacau do Oeste”, uma novidade que é sinônimo de prosperidade para agricultura do interior. A marca é uma homenagem à região, considerada como um dos maiores celeiros da agricultura do País. A cultura do Oeste cresce em proporção igual à do sul da Bahia, antes única produtora do fruto no Estado.

“O Sebrae e a Prefeitura de Barreiras são os grandes incentivadores deste projeto, tenho grande expectativa de desenvolvimento. Vamos poder gerar mais emprego e renda para população”, comentou o produtor rural Antonio Veloso.

No espaço da Agricultura Familiar, no estande do “Cacau do Oeste”, podemos degustar delicias como: chocolate caseiro, licor de cacau, balas com recheio de cacau e brigadeiros, produtos 100% natural.

 

Fonte: Site da Prefeitura de Barreiras

Durante a 28ª Expobarreiras a Prefeitura Municipal incentiva a implantação de novos projetos de avicultura para os pequenos agricultores. Uma série de palestras faz parte da programação oferecida aos produtores. Durante os encontros coordenadores por representantes do Frigorífico Frango de Ouro - parceiro do município - os participantes recebem informações sobre a atividade.

“Avicultura de corte está dando um grande salto na região, o incentivo e estímulo oferecido pela Prefeitura Municipal e seus parceiros contribuem para os pequenos agricultores desenvolverem um bom trabalho e com isso adquirirem um bom retorno financeiro”, comentou coordenador da Secretaria Municipal de Agronegócio Reginaldo Mello.

Na edição 2009 da Expobarreiras foi criado o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento Econômico entre Prefeitura, Banco do Nordeste e Frango de Ouro. Este ano a parceria tem sua consolidação com a implantação de novos projetos consorciados para a avicultura.

 

Fonte Ascom/Barreiras

http://jornalnovafronteira.com.br/index.php?p=MConteudo&i=1240