Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Barreiras Bahia - Fotos, videos e notícias.

Acontece nos próximos dias 23 e 24 de julho, no Palácio das Artes, a Feira do Livro Espírita. A realização da feira está a cargo da União Espírita de Barreiras (Conselho Regional -20) e contará com o apoio da Federação Espírita do Estado da Bahia.

A abertura acontecerá na sexta, 23, às 14h. Durante toda a tarde e início de noite dos dias 23 e 24, os interessados terão à disposição Sarau Espírita, mini-seminários, mostras de pinturas mediúnicas, palestras e momentos musicais. Os participantes poderão, além de adquirir livros mediúnicos, tirar toda e qualquer dúvida sobre o espiritismo.

Outras informações da Feira do Livro Espírita entrar em contato com Glauton Pinheiro (77) 8101-5088, Minervina Cunha (77) 8111-7301 e Jenni Castro (77) 8101-6821.

Por Eduardo Lena

 

Integrantes do Condema, Sematur, Ingá, Ima e Ong’s ambientalistas se reuniram na tarde ontem, 12, no auditório da Casa de Recursos Ambientais, com o representante do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para definir área e dar sugestões para a construção de um Parque Fluvial às margens do rio Grande.

 

Rômulo Bonelli, arquiteto e urbanista, consultor contratado pelo MMA, disse que em um primeiro momento foram selecionadas três áreas em Barreiras com potencial para receber o Parque Fluvial. A partir destas áreas, o Ministério de Meio Ambiente encaminhou um novo consultor para fazer um detalhamento aprofundado de cada local para ver qual apresentava melhor aptidão. As áreas pré-selecionadas foram às regiões do Balneário dos Três Bocas, da Prainha e da Ferradura do rio Grande, também conhecida como baixada do Ney Marmore.

 

Por ser uma área central, com topografia favorável, pouco degradada, não apresentar edificações e nem possuir problemas fundiários, os integrantes da reunião decidiram pela área da Ferradura.

 

Segundo o representante do MMA, o Parque Fluvial é destinado às atividades de cultura, lazer, esporte, turismo e educação ambiental, contendo pistas de caminhadas e ciclovias, com policiamento ostensivo. Toda e qualquer edificação no local terá como foco a educação ambiental. “Poderá ser construído um anfiteatro de arena e um auditório para que alunos das redes pública e privada tenham aulas que despertem nos jovens a necessidade da preservação do meio ambiente. “Além disso, será feita a recuperação total da área com reflorestamento utilizando espécies nativas e endêmicas do vale”, disse Rômulo.

 

Os municípios que serão contemplados nesta fase piloto são: Pirapora (MG), Bom Jesus da Lapa (BA), Barreiras (BA), Xique-Xique (BA), Piranhas (AL), Propriá (SE), Januária (MG), Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Penedo (AL), sendo que Barreiras é a única cidade que não faz parte direta da calha do rio São Francisco.

 

Os 10 municípios foram definidos com base no Plano de Ações Estratégicas e Integradas para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável na Bacia do rio São Francisco. A importância turística, a ocorrência de problemas ambientais e a facilidade para a implementação de projetos foram consideradas na escolha dos municípios. Outro fator decisivo foi o Índice de Desenvolvimento Urbano das cidades, que estão abaixo da média nacional.

 

Em outro momento será decidido a gestão e a operacionalização do Parque Fluvial.

 

Fonte: Jornal Nova Fronteira

A Prefeitura Municipal de Barreiras (BA) incentiva a implantação de novos projetos de avicultura para os pequenos agricultores. “Avicultura de corte está dando um grande salto na região, o incentivo e estímulo oferecido pela Prefeitura Municipal e seus parceiros contribuem para os pequenos agricultores desenvolverem um bom trabalho e com isso adquirirem um bom retorno financeiro”, comentou coordenador da Secretaria Municipal de Agronegócio Reginaldo Mello.

 

Em 2009, foi criado o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento Econômico entre Prefeitura, Banco do Nordeste e Frango de Ouro. Este ano a parceria tem sua consolidação com a implantação de novos projetos consorciados para a avicultura.

 

Fonte: http://www.aviculturaindustrial.com.br/PortalGessulli/WebSite/Noticias/frango-na-bahia,20100713133956_P_028,20081118093812_F_643.aspx

Professores do campo de Barreiras e São Desidério estão sendo treinados, de 13 a 15 de julho, em educação ambiental pelo Programa Despertar, uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, e Federação do Estado da Bahia (FAEB). Estão sendo treinados 46 professores do campo em Barreiras, e 122 em São Desidério, que devem inserir temas como biodiversidade, resíduos sólidos, água, clima e solo, no planejamento pedagógico. O projeto tem a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Barreiras e São Desidério.

 

O Instituto Bioeste integra a programação do Programa Despertar em Barreiras, no Instituto Federal da Bahia (antigo Cefet-Barreiras), ao apresentar a mostra fotográfica “Riquezas e Ameaças”, composta de aproximadamente 20 fotografias, divididas em seis eixos temáticos: culturas e povos do cerrado, fauna, flora, potencial turístico, ameaças, além do próprio Cerrado. As obras, de autoria dos fotógrafos João Zinclar, Benito Mera, Cristiano Nogueira, Haroldo Castro e Theo Allofs, têm o objetivo de sensibilizar e aproximar as pessoas do Cerrado por meio das imagens.

 

Segundo a coordenadora do núcleo da região oeste da Bahia do Programa Despertar, Liliane Queiroz, as temáticas devem ser inseridas de acordo com as necessidades das próprias comunidades. “Se a população tem problemas com a coleta de lixo, o tema deve ser inserido nas aulas para os alunos da comunidade”, exemplifica. O Programa Despertar tem o objetivo principal de promover a educação voltada para a formação da consciência ecológica a fim de alavancar mudanças comportamentais relacionadas à saúde, à cidadania, à ética, e ao trabalho e consumo. O programa foi implantado em 2005, e já passou até o ano passado em 69 municípios.

 

Mostra Fotográfica “Riquezas e Ameaças” - Programa Despertar

Data: de 13 a 15 de julho

Horário: das 8h às 11h – das 14h às 18h00

Local: Barreiras – IFBA – antigo Cefet-Barreiras

Informações: (77) 3611 7173

 

Fonte: http://bioeste.blogspot.com/2010/07/programa-despertar-capacita-professores.html